Os 10 Mandamentos – Como Amar e Ser Amado por Deus

Pregador: Diomar da Veiga

Leitura Bíblica:  Êxodo 20 - 10 Mandamentos

Tema: Como Amar e ser amado por Deus

Êxodo 20:1-17

  1. Então falou Deus todas estas palavras, dizendo:

  2. Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.

  3. Não terás outros deuses diante de mim.

  4. Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

  5. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

  6. e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos.

  7. Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.

  8. Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.

  9. Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho;

  10. mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas.

  11. Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou.

  12. Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

  13. Não matarás.

  14. Não adulterarás.

  15. Não furtarás.

  16. Não dirás falso testemunho contra o teu proximo.

  17. Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

DESATAMENTO

Vers. 1 e 2 – Queridos irmãos e irmãs, O senhor hoje está nos dando, por escrito, a receita para sermos verdadeiramente felizes, quer deixar clara a maneira que escolheu para demonstrarmos nosso amor por Ele e como podemos nos libertar do Egito, ou seja, do mundo dominado por Satanás e pelas suas armadilhas. Jesus veio para nos dar vida, e vida em abundância, enquanto o único desejo do inimigo é roubar, matar e destruir. E o cumprimento dos mandamentos é a nossa melhor arma de defesa.

Tem um versículo em JOÃO 14-21 que diz: Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.

1º Mandamento: Não terás outros deuses diante de mim.

Se não tivermos atenção, poderemos ter inúmeros deuses na nossa vida, queridos irmãos e irmãs, muitos. Mas o que é outro deus? Outro deus é tudo aquilo que é objeto de um culto ou de um desejo ardente, que se antepõe a todos os demais desejos ou afetos, principalmente aquilo que colocamos acima de Deus. Outro deus pode ser nosso Pai ou Mãe carnal, esposa, esposo, filho, filha, trabalho, um bem material ou até mesmo dons e ministérios recebidos na casa de Deus. Nada, absolutamente nada deve ficar na mesma altura de Deus, irmãos e irmãs, nada, pois não há nada que sequer se aproxime da grandiosidade de Deus. Já vi muita gente adorando o Sol, a Lua, adorando cartomantes, horóscopos, videntes, e até mesmo simpatias das mais diversas. Tudo em vão, tudo inútil, e o pior: atitudes que serão utilizadas contra nós naquele grande dia, onde serão julgados os vivos e os mortos.

Tem dois versículos que gostaria de lembrar para todos nós: Um é uma afirmação que se encontra em Ozéias 13,4 - "Porque salvador não há além de mim" e o outro é um alerta vermelho que se encontra no livro de Jeremias 25-6: "Não sigais outros deuses para os servir e adorar". Resumindo: Jesus é o caminho, a verdade e a vida, não há outro salvador, nem pai, nem mãe, nem irmão, nem emprego, nem casa, nem carro, nem bilhões de dólares, absolutamente nada irá nos salvar, a não ser nosso Deus Todo Poderoso. Seguir outros deuses é como entrar em um avião cujo piloto não tem mais vontade de viver, cujo piloto sabe que dali a instantes vai morrer e que sabendo disso está disposto a levar com ele o máximo possível de outras pessoas. Ele vai te garantir que está em perfeitas condições, que a aeronave está revisada, que o tempo está bom, que todos chegarão felizes aos seus destinos, mas, como o inimigo age, está mentindo, enganando, entorpecendo todos com suas ilusões porque quer é matar e destruir. Assim age o inimigo quando quer nos convencer a não cumprir seus mandamentos.

2º Mandamento: Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.5 Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. 6 e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos.

Queridos Irmãos e Irmãs, em Salmos 35:15-18 está escrito que "Os ídolos das nações são prata e ouro, obra das mãos dos homens; têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem; têm ouvidos, mas não ouvem; nem há sopro algum na sua boca. Semelhantemente a eles se tornarão os que os fazem, e todos os que neles confiam".

Não temos que adorar a criatura, não tem sentido adorarmos um pedaço de árvore, um pedaço de pedra, de ferro, de ouro, não importa do que seja feito! Temos é que adorar o único Deus Vivo que existe, aquele que pode fazer tudo por nós. Imagens são apenas cópias, produtos de imaginação, invenções, crendices. Não temos que cair nessa armadilha de Satanás, temos que alertar as pessoas que hoje estão – aos milhares e milhares – sendo enganadas adorando imagens, esculturas, quadros, crucifixos, fotos e tantas outras figuras que o inimigo, muito astuto, quer que as pessoas substituam pelo Deus Verdadeiro. Sabem o motivo? Porque o inimigo veio para matar, roubar e destruir, porque ele nos odeia é quer que todos, sem exceção, pereçam no lago de fogo e de enxofre junto com ele. E quando nos afasta de Deus consegue o que quer.

3º Mandamento: Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.

Irmãos e Irmãs, prestem atenção na última frase que diz que o Senhor não terá por inocente aquele que tomar seu nome em vão. Muita atenção, por que de nada vai adiantar – naquele dia do julgamento – dizer que foi sem querer, que não sabia, que escapou, etc., porque NÃO será considerado inocente deste pecado, do não cumprimento deste importante mandamento. Mas o que é falar em vão ? É toda vez que falamos algo sem necessidade real, sem valor, inútil, ilusório, de balde. O nome de Deus é SAGRADO, não deve ser dito em locais impróprios nem de balde. O nome de Deus é SANTO, tem Poder, deve ser respeitado. Jamais, jamais devemos utilizá-lo em piadas, brincadeiras, juramentos ou mesmo em puras exclamações. Não ficaremos impunes, tenham absoluta certeza.

4º Mandamento: Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. 9 Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho; 10 mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas. 11 Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou.

Queridos Irmãos, Queridas Irmãs, vamos entrar agora em um assunto controverso, polêmico, mas de FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA para aqueles que querem a salvação. O sábado sequer é mencionado em milhares de denominações, sequer é lembrado por bilhões de pessoas, quanto mais, guardado. Algumas igrejas dizem (interpretação do homem) que o sábado foi feito apenas para os Judeus, que valia apenas no velho testamento, que foi substituído pela Graça, que não estamos mais debaixo da Lei e etc. Porquê? para não contrariar seus fiéis, para não desagradar seus membros, para manter suas igrejas cheias (e seus cofres também) e também por pura ignorância (desconhecimento da verdade). Não guardam o sábado e não permitem que seus fiéis os façam e o pior: também não falam (alguns não sabem) das CONSEQUÊNCIAS do não cumprimento desse mandamento, também omitem o ALTÍSSIMO CUSTO dessa desobediência.

São inúmeras passagens da Bíblia Sagrada que confirmam esse mandamento, desde o Antigo até o Novo Testamento. Passagens que são adulteradas pelo homem, que são omitidas pelos falsos mestres (em 2ª Pedro, 2-1 diz: "Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição"

Irmãos e Irmãs, guardar o sábado é um pacto perpétuo celebrado entre Deus e o Homem (ver Êxodo 31.16). A grande maioria das igrejas do mundo não guarda o sábado, não alertam seus fiéis sobre o que diz em Tiago 2.10 "Pois qualquer que guardar toda a Lei mas tropeçar em um só ponto, torna-se culpado de todos" .

Aqueles falsos mestres que dizem que não estamos mais debaixo da Lei e sim na Graça, se esquecem (e fazem seus membros esquecerem) do que Jesus Cristo falou em Lucas 16-17 - "É mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til sequer da Lei" 

Omitem o que está escrito em Lucas 23.56: Então voltaram e prepararam especiarias e unguentos. E no sábado repousaram, conforme o mandamento. - E está escrito no Novo Testamento, após a morte de Jesus.

Os que dizem que não precisamos guardar o sábado ignoram – simplesmente ignoram – o que disse Jesus em Mateus 5:17-18 "Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas, não vim ab-rogar, mas cumprir"

Será que aquela palavra que está em Romanos 7.1 e que diz "Não sabeis vós, irmãos, que a Lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que vive?" não vale mais ? Vale, claro, e valerá para sempre para aqueles que seguem a verdadeira doutrina de Cristo – imutável - e a única que poderá nos levar à salvação.

Mas repetindo a pergunta: porque tantas igrejas guardam o domingo, e não o sábado? Ora, para que se cumpra o que está escrito no livro de Daniel 7:25: "Proferirá palavras contra o Altíssimo, e consumirá os santos do Altíssimo; cuidará em mudar os tempos e a lei; os santos lhe serão entregues na mão por um tempo"

Queridos Irmãos, Queridas Irmãs, meditem em Deuteronômio 11, dos versículos 13 ao 28, que fala sobre os benefícios da obediência aos mandamentos, das bênçãos e das maldições.

E a todos aqueles que não guardam o Sábado Santo, aqueles que insistem em dizer que estamos em pleno século 21 (e que não precisa mais tanta obediência, etc.) e principalmente aqueles que induzem terceiros a não cumprir esse mandamento, é importante lembrar o que está escrito no final da Bíblia, em Apocalipse, no último capítulo e no antepenúltimo versículo: "e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro."

Reflexão

Em Marcos 12, Jesus resumiu os 10 mandamentos em 2: "Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses."

Os quatro mandamentos acima são o resumo do 1º dito por Jesus: Amarás pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. Se amarmos nosso Deus como nos pediu Jesus estaremos automaticamente guardando os 4 primeiros mandamentos, ou seja, não teremos outros deuses, não adoraremos imagens esculpidas, não falaremos o seu nome em vão e guardaremos o sábado.

Os seis mandamentos comentados a seguir resumem o 2º dito por Jesus: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.  Se amarmos nosso próximo como a nós mesmos estaremos guardando os 6 mandamentos a seguir, ou seja, honraremos nosso pai e mãe, não mataremos, não adulteraremos, não furtaremos, não daremos falso testemunho e não cobiçaremos.

5º Mandamento: Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

Esse é um mandamento que já vem com promessa (para que se prolonguem os teus dias) e que devemos igualmente lembrar diariamente. Devemos honrar nossos pais, respeitá-los, perdoá-los, protegê-los, ajudá-los e principalmente levá-los pelas mãos no estreito caminho da salvação. E não esqueçam da ordem de Deus que está escrita em Mateus 14-4: "Pois Deus ordenou: Honra a teu pai e a tua mãe; e, Quem maldisser a seu pai ou a sua mãe, certamente morrerá".

6º Mandamento:  Não matarás

Matar, irmãos e irmãs, significa tirar a vida, fazer murchar, afligir, arruinar, desacreditar. É homicídio ou suicídio e tanto pode ser carnal como espiritual. O homem pode matar com armas ou com palavras e atitudes e por isso mesmo devemos tomar extremo cuidado no trato com nosso próximo. Em 1ª de João, capítulo 3, versículo 15 está escrito: "Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele". Temos que substituir a ira, o orgulho, a indiferença, o desrespeito, e tantas outras formas de machucarmos nosso próximo, pelo amor. Devemos orar para que Deus nos dê o amor de Cristo, que nos dê um coração manso e humilde, que nos ensine a amar o nosso próximo como a nós mesmos, pois eles também são filhos de Deus. Temos que dobrar nossa atenção com palavras e atitudes que podem ferir nosso próximo, nosso irmão.

7º Mandamento: Não adulterarás

O adultério pode ser igualmente carnal ou espiritual, amados irmãos e irmãs. E não é necessário chegar às vias de fato para infringirmos essa lei, mas basta que desejemos em nossos corações, e por isso é necessário também muito cuidado com nossas atitudes, pensamentos e desejos. Em Mateus 5:27 Jesus nos diz que "Qualquer que olhar para mulher e cobiçá-la, já cometeu adultério com ela"

Adultério significa infidelidade, traição, mudança, troca. E pode ser praticada contra nosso próximo ou contra Deus (quando o trocamos por cartomantes, videntes, simpatias, ídolos ou outros deuses quaisquer, inclusive nossos familiares, pessoas amadas, etc.).

Vemos em muitos carros adesivos dizendo: Deus é Fiel. Realmente, Deus é fiel, e assim nós também temos que sê-lo. Temos que ser fiéis Àquele que permitiu que seu único e amado filho fosse preso, humilhado, torturado e assassinado por nossa causa, nós, pecadores. E o mínimo que podemos fazer em troca, irmãos e irmãs, é guardar seus mandamentos, que é a forma que Deus quer que demonstremos nosso amor e nossa gratidão por Ele.

8º Mandamento: Não furtarás

Furtar é desviar, roubar, trapacear, apropriar, apoderar-se de algo que não lhe pertence. Tanto na vida material como espiritual podemos cometer esse pecado. Temos que cuidar com o furto do que é intangível, ou seja, cuidar para não roubar a alegria, a paz, a esperança do nosso próximo. Temos que cuidar com nossas promessas: quando dizemos que vamos - e não vamos – estamos trapaceando, estamos furtando do próximo a certeza que demos que iríamos honrar aquele compromisso. O furto material merece cuidados também especiais, pois se pegarmos qualquer coisa – não importa o valor ou o quê – que não nos pertença, isso já sobe como roubo diante de Deus, e será usado como prova naquele dia do julgamento.

Se temos dons de profecia, visão, interpretação, e praticamos esses dons pela carne, também estamos praticando o roubo da palavra de Deus. Em Jeremias 23.30, está claro quando diz: "Portanto, eis que eu sou contra esses profetas, diz o SENHOR, que furtam as minhas palavras, cada um ao seu companheiro"

E contra Deus, é possível praticar o roubo? Sim, e está escrito no livro de Malaquias 3.8: "Onde me roubas ? Nos dízimos e nas ofertas alçadas... Vós sois amaldiçoados com a maldição; porque a mim me roubais, sim, vós, esta nação toda."

Às vezes não entendemos porque coisas desagradáveis acontecem para nós, que nos trazem prejuízos. No mesmo livro de Malaquias 3-11 encontramos a resposta, onde Senhor diz: "Também por amor de vós reprovarei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; nem a vossa vide no campo lançará o seu fruto antes do tempo, diz o Senhor dos exércitos". Ora, se roubamos a Deus como ele repreenderá o devorador ?

9º Mandamento: Não dirás falso testemunho contra o teu próximo

Falso testemunho é todo ato onde há mentira, fingimento, dissimulação ou dolo, é toda atitude enganosa ou traiçoeira. Falso testemunho é mentir, calar a verdade, é promessa não cumprida, são dívidas não pagas, são julgamentos que proferimos contra nosso próximo, são atitudes de acepção. O falso testemunho também pode ser praticado pelos profetas e visionários, conforme nos mostra Jeremias no capítulo 23-32: "Eis que eu sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o Senhor, e os contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com a sua vã jactância; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem; e eles não trazem proveito algum a este povo, diz o Senhor."

Temos que ser crentes maciços, não superficiais. Temos que ter um testemunho irrepreensível diante de Deus e dos Homens. Temos que nos lembrar que nossas más atitudes podem impedir que um escolhido de Deus chegue à Igreja ou se afaste dela por causa das nossas ações impensadas e as vezes maldosa.

Temos, como filhos de Deus, ser retos, íntegros, sem manchas, sem nada que nos desabone. Somos filhos da Luz e não das trevas, e como filhos da luz, temos que ser luz para servir de farol para aqueles que estão na escuridão do mundo.

10º Mandamento: Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

A cobiça, queridos irmãos e irmãs, é o desejo veemente de bens tangíveis ou intangíveis, e pode se materializar quando cobiçamos a mulher ou o marido do próximo, quando cobiçamos bens materiais que não são nossos, quando cobiçamos aquele bom emprego daquele próximo, sua casa, seu carro, ou sua cultura e até mesmo seus dons espirituais. Todo desejo desequilibrado, sôfrego, ávido e descontrolado se chama cobiça. Temos que cuidar para não cair em mais essa armadilha.

Em 1ª Tessalonicenses 5:18 diz que "Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." Assim, devemos extirpar esse câncer da cobiça de nossas vidas.

Devemos seguir o exemplo que o Senhor nos mostra em Filipenses 4:11: "Não digo isto por causa de necessidade, porque já aprendi a contentar-me com as circunstâncias em que me encontre." quer dizer, temos que contentar-nos com aquilo que o Senhor nos dá no momento, por que nada, absolutamente nada, acontece sem que Deus saiba ou permita que aconteça.

Final

Vamos meditar juntos: São apenas 10 (dez) regras estipuladas por Deus para que possamos conviver por toda eternidade junto com Ele, num lugar esplêndido onde não haverá noite, nem frio, nem dor, nem tristeza, onde a Luz será o próprio Jesus.

São apenas 10 regras, que podem ser resumidas em apenas duas: Amar a Deus sobre todas as coisas (e cumprirá os 4 primeiros mandamentos) e Amar ao teu próximo como a ti mesmo (e assim estará cumprindo os outros 6). É muito ? Não ! Não é nada perto da recompensa que Deus tem preparado para todos aqueles que cumprirem seus mandamentos.

Não é nada se comparada com a promessa que está em 2º Coríntios 6-18: "e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso."

A sociedade nos coloca milhares de regras, de leis, e a recompensa por cumpri-las está apenas em sermos considerados cidadãos de bem enquanto vivermos (80, 90 anos). Deus coloca apenas 10 e a recompensa é nos tornarmos Filhos de Deus e sermos felizes por toda eternidade. Vale a pena !

Que Deus abençoe poderosamente cada um.

Amém.