Dogmática - parte 6

Casamentos

"Mas desde o princípio da criação, Deus os fez homem e mulher. Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, [e unir-se-á à sua mulher,] e serão os dois uma só carne; assim já não são mais dois, mas uma só carne. Porquanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem." Marcos 10:7

"Ora, quanto às coisas de que me escrevestes, bom seria que o homem não tocasse em mulher; mas, por causa da prostituição, tenha cada homem sua própria mulher e cada mulher seu próprio marido. O marido pague à mulher o que lhe é devido, e do mesmo modo a mulher ao marido." 1º Coríntios 7:1-3

Vivam do Evangelho

Falamos para quem anuncia o evangelho, que deve viver do evangelho e não de anunciar o evangelho. Viver do evangelho é viver dos ensinamentos de Cristo e seus apóstolos. A Igreja Belém entende que o salário de um obreiro são as bençãos que Deus derrama a cada obra feita em seu nome. "De graça recebemos de Deus, de graça devemos dar". Nenhum obreiro ou pregador da Igreja Belém recebe qualquer tipo de pagamento em dinheiro. Todo o galardão é dado por Deus. Como Paulo apóstolo, nós obreiros da Igreja Belém não trocamos a recompensa que Deus nos dá pela sua obra por dinheiro algum! Recebendo do homem, invalidamos as bençãos de Deus, pois a paga já foi na terra, afinal o que vem do espírito é espiritual e o que vem da carne é carnal. Sabemos que por não nos corromper pela paga do homem, esperando receber de Deus o nosso trabalho em sua obra, a "Igreja Belén Pentecostal Libre del Paraguay" é tão abençoada por nosso Senhor, pois aqui Deus fala constantemente com seu povo através dos dons espirituais refinados pelo poder do Espírito Santo.

"Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho. Mas eu de nenhuma destas coisas tenho usado. Nem escrevo isto para que assim se faça comigo; porque melhor me fora morrer, do que alguém fazer vã esta minha glória." 1º Coríntios 9:14-15

"Se, pois, o faço de vontade própria, tenho recompensa; mas, se não é de vontade própria, estou apenas incumbido de uma mordomia. Logo, qual é a minha recompensa? É que, pregando o evangelho, eu o faça gratuitamente, para não usar em absoluto do meu direito no evangelho. Pois, sendo livre de todos, fiz-me escravo de todos para ganhar o maior número possível" 1º Coríntios 9:17-19

Como Paulo apóstolo que vivia de suas próprias posses, entendemos que não há necessidade e nem é a vontade de Deus que deixemos de trabalhar para pregar o evangelho ou fazer suas obras. Todos os membros, ministros e obreiros da "Igreja Belém" tem sua profissão e suas posses, com isso o seu próprio sustento e de sua família; como diz na palavra de Deus.

"Não temos nós direito de comer e de beber? Não temos nós direito de levar conosco esposa crente, como também os demais apóstolos, e os irmãos do Senhor, e Cefas? Ou será que só eu e Barnabé não temos direito de deixar de trabalhar? Quem jamais vai à guerra à sua própria custa? Quem planta uma vinha e não come do seu fruto? Ou quem apascenta um rebanho e não se alimenta do leite do rebanho?" 1º Coríntios 9:4-7

"Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, porque dela foste tomado; porquanto és pó, e ao pó tornarás." Gênesis 3:19

O Destino dos Mortos

"Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem, para que não vos entristeçais como os outros que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, assim também aos que dormem, Deus, mediante Jesus, os tornará a trazer juntamente com ele." 1ª Tessalonicenses 4:13-14

"Eis aqui vos digo um mistério: Nem todos dormiremos mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao som da última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos serão ressuscitados incorruptíveis, e nós seremos transformados." 1º Coríntios 15:51-52

A Segunda Vinda de Cristo

"os quais lhes disseram: Varões galileus, por que ficais aí olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi elevado para o céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir." Atos dos Apóstolos 1:11

"Logo depois da tribulação daqueles dias, escurecerá o sol, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu e os poderes dos céus serão abalados. Então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem, e todas as tribos da terra se lamentarão, e verão vir o Filho do homem sobre as nuvens do céu, com poder e grande glória. E ele enviará os seus anjos com grande clangor de trombeta, os quais lhe ajuntarão os escolhidos desde os quatro ventos, de uma à outra extremidade dos céus." Mateus 24:29-31

< veja mais sobre a Dogmática no menu da esquerda.

voltar ao topo