CARLOS WITT

Saúdo a cada leitor deste site , aos meus amados irmãos e irmãs e tambien a mis hnos y hnas paraguaios com a Bendita Paz de Deus que repouse em cada coração.

Me alegro em poder compartilhar uma parte do meu testemunho de chegada aos pés de Cristo , quer dizer minha primeira chegada em Belém , pois eu só conheci a Jesus e Ele só manifestou o seu poder e o seu amor comigo na Igreja Belém! Assim como está escrito no livro de  Jó, porque antes eu conhecia Deus de ouvir falar, mas agora agora eu o sinto em mim , porque Ele se manifestou comigo.

Foi em uma noite chuvosa do dia 31 de março de 1998 em que o Senhor utilizou um de seus elementos na porta de uma loja em que eu trabalhava, em um renomado Shopping de Curitiba, quando sem esperar uma conhecida minha no mundo foi fazer uma visita para mim, pois ela havia voltado aquela semana de Vila Rica do Espírito Santo, onde fica a central da nossa igreja , pois até então naquele tempo nós não tínhamos igreja na cidade de Curitiba. Ela, movida pelo Espírito Santo (hoje eu posso dizer isso ) foi visitar um amigo que era eu, mas já com intenção de pregar e testemunhar o que Deus tinha feito com ela naquela semana no Paraguai. Ela testificou na porta da loja as maravilhas de Deus, do seu poder, das visões que ela havia recebido, das profecias, dos profetas, do amor do povo de Deus que se encontrava no Paraguai, enfim de toda a experiência que ela tinha tido com Deus.

Ela sendo uma conhecedora da palavra de Deus, contava maravilhada de como Deus se manifestava neste lugar, e eu estando trabalhando sem poder sair para fora da loja para escutar melhor aquelas palavras , pois eu estava com um pé na porta e outro fora e os ouvidos totalmente ligado no que ela falava, sempre atento pois se entrasse um cliente eu tinha que atender, e ainda preocupado também com o gerente que me olhava atentamente do caixa da loja, e eu não queria ser chamado atenção. Mas Deus já estava atuando e não permitiu que nenhum cliente entrasse na loja durante o tempo que ela testificava mesmo porque não era só para mim que ela contava a história mas também a mais uma amiga que estava atenta escutando as "histórias do Paraguai".

Naquela noite ela nos convidou para ir a uma reunião de oração que ia começar as 20:00 e ia ser na casa do nosso então irmão Hugo (hoje nosso dirigente), pois justamente naquele dia haviam chegado do Paraguai 3 obreiros de Asuncion. O irmão Hugo já era meu amigo e fora também meu ex-gerente.

Eu teria que trabalhar até as 22:00 e a outra amiga que também escutava atenta ia poder ir, pois ela sairia as 20:00. Ela disse: peça para o teu gerente para sair um pouco antes, para todos sairmos às 19:30, para chegarmos no horário da reunião. Resolvemos tomar coragem e pedir para os dois saírem antes, e ele deixou (Deus agindo quem impedirá) para nossa  surpresa e alegria até porque nós também queríamos muito rever o hoje irmão Hugo, que antes era nosso simples amigo e companheiro de trabalho e hoje é nosso pastor dirigente. Fazia muito tempo que nós não conversávamos com ele, apenas sabíamos que ele estava no Paraguai. Fomos com esse intuito e lembro-me como hoje que no caminho chovia muito e eu disse no meu coração que se realmente este lugar Deus se manifestava, eu tinha que me livrar das coisas que estavam comigo, pois por um tempo o inimigo trabalhou muito fortemente na minha vida, tendo sido até usuário de drogas, o que justamente naquele dia eu tinha na minha carteira. Chegando na esquina da casa do irmão Hugo abri escondido minha carteira e joguei fora o que havia, e disse seja o que Deus quiser, pois eu também há muito tempo buscava uma mudança, mas não tinha forças, e além disso também tive medo que Deus descobrisse o que eu levava comigo, pois a irmã me falou que Deus revelava tudo.

Tive medo de Deus pela primeira vez,Glória a Deus!!! Entramos e o Hugo nos abraçou, ficou feliz e surpreso ao nos ver, pois quando essa irmã (até então naquele dia não era irmã) estava pensando em ir para o Paraguai encontrar com o Hugo e conhecer que igreja era esta que Deus se manifestava tanto, havíamos nos encontrado em um bar na noite de Curitiba. Infelizmente, como eu falei acima o inimigo me enganou muito em uma fase da minha vida, colocando vícios, amizades, prazeres falsos, festas, luxo, sucesso, dinheiro , viagens e isso só aumentou a minha aflição, nunca me trouxe nenhum tipo de alegria, só aumentou o meu questionamento  da vida com Deus!! Que vida chata,  eu falava, não tem sentido. Uma revolta muito grande crescia dentro de mim.

Mas essa  noite que ela me encontrou e disse: Carlos é a ultima vez que você me vê na noite, pois eu vou junto com o Hugo no Paraguai, e eu agarrei um guardanapo (seguramente devia estar embriagado) e escrevi:"Hugo, estamos com saudades de você, estou orando por você " e depois eu fiquei sabendo que ela havia entregado este bilhete para ele em Villrrica, e por isso a surpresa dele naquele dia quando me viu naquela reunião de oração na sala da casa dele. Sou fruto da oração dele naquele tabernaculo Santo em Villarrica.

Participei da reunião, creio que durou umas 2 horas, e eu não entendi quase nada, porque os irmãos paraguaios foram os que mais falaram e eu naquela época não entendia nada do castelhano. O que eu gostei que todos eles deram seu testemunho, diferente das outras igrejas que eu já havia frequentado, onde liam a palavra e se prolongavam muito e eu não entendia nada e quase sempre dormia nos cultos, cantava os cânticos, batia palmas, barulheira, mas só ate aí ia minha pequena alegria, não tinha nenhuma libertação, voltava para casa igual, se perdia muito tempo nos cultos pedindo dinheiro, este era a minha revolta com as igrejas!!!

E o que eu consegui entender naquela reunião de oração com os paraguaios é que  um disse que Jesus era alegria, transformava a nossa vida. Disse no meu interior: se Jesus deu pra ele  esta alegria, eu também quero, e eles nos fizeram orar e  aceitar Jesus como eu já havia feito nas dezenas de igreja que já tinha ido, e nunca tinha mudado nada!!

Mas.........naquela noite foi diferente, me libertei completamente mas só no outro dia quando acordei é que percebi (dormi a noite inteira, pois eu também já não dormia, sofria de insônia, ficava com a televisão ligada até que o ultimo canal fechasse). Acordei mais cedo e com muito ânimo fui tomar banho cantando (ainda que na época eram musicas mundanas). Senti uma mudança em mim, porque eu só acordava às 2 da tarde, tomava banho e ia direto  pro trabalho, queria ficar o menos tempo possível acordado, eu dizia que a minha vida era um verdadeiro "tédio", sem nenhum sentido, sem nenhuma motivação, detestava o trabalho que fazia. Quando comecei a trabalhar nos Shoppings da cidade para mim era o máximo: fama, luxo, moda, gente bonita!! Mas posso lembrar muito bem que nos momentos de aflição e tristeza nas madrugadas frias de Curitiba, andando no fim de noite sozinho na Rua Xv, no centro da cidade de Curitiba, eu falava com Deus: "Senhor sê tu existe mesmo me tira desta vida que estou levando, afasta-me dos meu amigos que se dizem amigos, porque sempre no fim de noite eu acabava sozinho, sem dinheiro e pegando o ônibus madrugueiro e quando voltava pra casa daquela pequena viagem que fazia, pois morava em um bairro afastado do centro da cidade, meditava mais ainda que a minha vida estava muito ruim!! - pausa para humilhação.

Mas Graças a este Deus misericordioso que em uma única reunião de oração me libertou de tudo, tudo mesmo, isso que eu posso dizer de tudo mesmo: dos vícios, da aflição, da angústia, da tristeza, da revolta do meu coração, dos pecados que aprisionavam minha alma!!!

E daí começou uma grande caminhada com Deus, aprendemos a orar e a ler a bíblia, e eu digo aprendemos porque então já éramos um grupo pequeno de irmãos que queriam se santificar e apartar suas vidas do pecado, não tínhamos nenhuma igreja, mas tínhamos uma base que era o temor de Deus para não pecar mais, tínhamos a oração e a Bíblia e fomos instruídos a não freqüentar nenhum outro redil para não tomar água suja, porque o que nós tínhamos recebido era muito puro e celestial que libertou nossas vidas do cárcere do pecado. Jesus nos tirou com sua mão poderosa das mão do diabo, foi uma linda caminhada com Deus, eu pessoalmente posso testificar que foi de muiiiiita alegria, apesar de muitas provas que passei, nada tirava a minha alegria e o amor que Deus colocou no meu coração por esta doutrina que sana, cura, liberta, salva e converte, porque eu jamais me imaginei em minha vida pregando a palavra de Deus, apesar das diversas promessas que Deus tinha pra minha vida nas diferentes igrejas que eu passei.

Depois de 4 meses perseverando aqui em Curitiba juntamente com algumas irmãs, fui conhecer a nossa igreja matriz em Villarrica do Espírito  Santo, e lá fui para ficar uma semana. Ao chegar lá fiquei mais maravilhado ainda e confirmou tudo o que haviam me contado , pude comprovar o amor com que este  povo me recebeu, pude estar em um culto a 1ª vez, e ali a minha curiosidade Deus sanou.

Realmente a Igreja Belém não pedia dinheiro durante os cultos, como me haviam falado e pude estar durante + ou – 2:30hs e não pediram, e ao sair do culto queria saltar de alegria, pois foi um culto de testemunhos e eu me levantei para agradecer a Deus o que Ele havia feito na minha vida e agradecer a Igreja pela oração e amor com que tinham recebido os brasileiros (posso falar que com muita dificuldade levantei por causa da minha  timidez, mas algo mais forte falava dentro de mim que eu tinha que agradecer, mas eu mal  falava o castelhano, alias nada  falava e só chorei todo o tempo inteiro do testemunho. Não não contei que a minha mãe esteve em Villarrica antes de mim, juntamente com meu irmão, meu tio pastor e a esposa dele. Minha mãe foi para ver em que igreja seu filho estava indo, que tinha mudado tanto assim (como é importante dar bom testemunho na nossa família), porque tinha acabado um dos sofrimentos da vida dela, as madrugadas acordadas me esperando chegar quando eu estava no mundo, e depois quando eu conheci a Igreja ela abria a porta do meu quarto e me pegava de joelho orando e lendo a bíblia, e neste primeiro culto que eu participei tamanha foi a minha alegria, parecia que ia voar. Durante o testemunho me libertei muitíssimo, pois testemunhei em prantos o que Deus tinha  feito na minha  vida e o povo só glorificava a Deus: Glóooooria  a Diiiios !! e quando sai para fora da igreja muito irmãos me cercaram para me saudar e contar muitas visões e eu com meu caderninho anotando tudo e um irmão paraguaio tirava algumas fotos (inclusive em uma das fotos saiu como se eu tivesse dando um autógrafo). Eu estava anotando as visões que muitas irmãs tinham tido por mim (a minha esposa quando viu esta foto até brincou e falou  "Carlos dando autógrafo agora?" E eu falei :"jamais este espírito de galã já havia  perdido"....rsrsrs).

E também irmãos sinto em compartilhar com vocês a minha primeira vez no tabernáculo de Villarrica, quando cheguei no domingo de tarde e de noite fui na 1ª vigília com todos os primitivos Santos que naquela época, quando cheguei, todas as noites  estavam no tabernáculo. Nesta vigília a nossa amada irmã Gregória  me chama: "Veni , el estranjero", e aquele maravilhoso dom que Deus lhe deu,  a enumeração de pecado, com o tabernáculo lotado, começa a falar e me lembro como hoje que chorava muito e tive uma sensação de alegria dentro daquele bombardeio do Senhor, que Deus não tinha esquecido de mim, que ainda que Ele estava falando as coisas feias que eu fiz, Ele estava me vendo (porque eu tinha certeza que Deus tinha esquecido de mim) porque eu, durante 7 anos da minha vida, busquei em diferentes igrejas fazer correntes de orações, porque eu tinha um pedido com Deus: eu queria ir embora para os Estados Unidos, porque eu tenho até hoje uma irmã que vive la há quase 20 anos, e eu busquei nas igrejas que Deus atendesse este meu pedido, e nada dava certo,  não juntava U$ 1, não saia passaporte, visto, enfim nada e eu me revoltava muito com Deus que dizia que não me escutava e porque não me respondia nada, e com minha mãe também me revoltava , pois ela me mandava ir nas igrejas.

Mas quando fui a 1ª vez em Villarrica, no 1º dia que comecei apresentar minha oração às 6 da manhã no tabernáculo quando  + ou – as 9 horas entra  uma irmã e começa a profetizar individualmente, primeiro para as irmãs e depois passa para os varões, e quando chega ate mim o Senhor fala em castelhano e eu mal entendia, mas graças a Deus havia um irmão do meu lado que me ajudou a escrever no meu caderno e disse :"Tu, meu filho que vieste de terra distante, eu que te trouxe neste lugar, que queria ir  ao Estados Unidos (me assustei muito, chorei, gritei, me maravilhei),  Eu não permiti, porque tenho obra contigo naquele pais de onde tu vieste , farei de ti como Abrão , pai de nações, pregador de minha palavra, etc.  (uma resposta tão simples que eu não tive em nenhuma outra igreja onde estive fazendo campanhas durante 7 anos) e disse mais:  Já tenho tudo preparado para ti, te darei uma família e ela será estrangeira (não entendi na hora o que queria dizer). Depois que a irmã acabou de profetizar para todo o tabernáculo, começou a contar visão também individual e quando chega em mim diz: você irmão estrangeiro, eu senti na hora da profecia que tua  esposa seria uma paraguaia (escrevi normalmente no meu caderno ,minha esposa será uma paraguaia ). Depois de um ano de casados minha esposa vasculhando o meu baú onde eu guardava os meus cadernos de visões, sonhos, profecias, encontrou esta profecia e chorou muito e me fez lembrar de mais uma promessa que Ele havia feito e que havia se cumprido na minha vida, porque Ele é fiel, ainda que nós somos infiéis!!

Na Igreja Belém eu aprendi tudo com o Senhor Jesus, através do Seu Espírito Santo. Depois de quase 4 meses  da minha entrega Deus abriu o batismo e fui batizado no Paraguai, no Rio Tebycuarami, e nesse dia derramou sobre mim o dom da profecia !!

Agradeço ao Senhor Jesus e as orações de todos os Santos profetas que nos ensinaram muito e com muito amor a doutrina dos santos Apóstolos e Profetas e que que eu levo no meu coração até hoje e o que me fez perseverar, que mudou a minha maneira de pensar, de agir, de vestir, de comer, de andar,  enfim mudou a minha vida !!!!!!!!

E me deu tudo o que tenho hoje, principalmente o que mais valorizo: o Espírito Santo, a minha esposa e os meus filhos e toda  essa família que eu amo em, Cristo Jesus," porque hoje já não vivo  eu, mas Cristo vive em mim"!!