Items filtrados pela data: Setembro 2010
Sex, 29 de Outubro de 2010 13:47

Batismo

Batismo nas Águas

A Igreja Belém segue rigorosamente a mesma doutrina dos apóstolos descrita na Sagradas Escritura pois cremos que nela estão todos os ensinamentos e instruções para a vida Cristã.

Todos os membros da Igrealtja Belém são batizados em águas correntes, conforme nos ensina a Bíblia:

"Ora, João usava uma veste de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre. Então iam ter com ele os de Jerusalém, de toda a Judéia, e de toda a circunvizinhança do Jordão,e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados." Mateus 4:4-6

"Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não Nascer da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito." João 3:4-6

 

Batismo do Espírito Santo

Todos os irmãos e irmãs da Igreja Belém são batizados em águas correntes e ungidos pelo Espírito Santo, e aqueles que perseveram recebem dons espirituais de acordo com o que também nos ensina a Bíblia:

"altOra, a respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós sabeis que, quando éreis gentios, vos desviáveis para os ídolos mudos, conforme éreis levados. Portanto vos quero fazer compreender que ninguém, falando pelo Espírito de Deus, diz: Jesus é anátema! e ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor! senão pelo Espírito Santo.Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.A cada um, porém, é dada a manifestação do Espírito para o proveito comum.Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; a outro a operação de milagres; a outro a profecia; a outro o dom de discernir espíritos; a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação de línguas.Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer." 1º Corintios 12:1-11

"Enquanto Pedro ainda dizia estas coisas, desceu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra.Os crentes que eram de circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que também sobre os gentios se derramasse o dom do Espírito Santo;porque os ouviam falar línguas e magnificar a Deus." Atos dos Apóstolos 10:44-46

"Havendo-lhes Paulo imposto as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e falavam em línguas e profetizavam." Atos dos Apóstolos 19:6

Publicado em Estáticas
Sex, 29 de Outubro de 2010 13:43

TESTEMUNHOS

A NOSSA GRANDE BENÇÃO

"Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus." II Coríntios 5:1

Durante 9 anos estivemos esperando no Senhor, em meio a bastante dificuldades, clamando ao Deus Vivo por uma sede própria.

Depois de muitas orações, vigílias, jejuns buscando constantemente a resposta de Deus por Jesus Cristo nosso Senhor, pela misericórdia Divina, alcançamos esta benção, nosso pedido foi aceito e aprovado por Deus.

Nosso dirigente Presbítero Hugo inspirado pelo Espírito Santo de Deus, foi conduzido até o local e lá recebeu a confirmação de Deus. Um ato de fé, de coragem, de amor e de obediência, iniciou naquele momento a dedicar-se a compra do referido imóvel.

E agora já podemos contemplar as grandezas do nosso Deus por Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador.

Publicado em Estáticas
Sex, 29 de Outubro de 2010 13:29

OBRAS

A Igreja Belém Pentecostal Livre do Paraguai, além da realização de cultos normais em sua matriz e nas suas filiais, também realiza semanalmente orações em postos avançados, relacionados abaixo.

 

Caso uma dessas casas de oração fique na localidade onde resida e tenha interesse em participar desses eventos, ligue para nossa Igreja Matriz (041) 3344-1311 ou entre em contato com nossa Comunicação social (ver endereço no rodapé) informando seu e-mail e telefone que entraremos em contato com você para marcarmos sua visita.

 

CASAS DE ORAÇÃO

Casa de Oração – Guaratuba - 41-3472-8598 (Ândrea)

Reuniões de orações aos Sábados 

Casa de Oração – Jaraguá do Sul - SC - 47-9174-7704 (André)

Reuniões de orações aos Sábados 

OBRA DE APOIO ESPIRITUAL

Casa de Apoio Belém - 41-3235-4052 (João)

Reuniões de orações às Sextas-Feiras

                                                              E-mail Comunicação Social: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.  

Publicado em Estáticas
Qua, 27 de Outubro de 2010 15:12

Perseguição

O irmão Juan e sua família sofriam perseguições desde o momento que a Luz Divina brilhou em seus corações. Primeiramente foram perseguidos por seus próprios parentes e depois pela comunidade em geral.

Eram épocas duras e difíceis para ser um cristão evangélico, porque as pessoas sem o entendimento da Palavra de Deus pensavam ser uma coisa feia e má. Numa localidade chamada Moisés Bertoni, uma multidão de pessoas tentou impedir que se realizasse o batismo mas não conseguiu e mesmo assim o irmão Juan, sofrendo grandes perseguições, realizava o batismo de arrependimento nas águas .

Em uma tarde do ano de 1975 o irmão Antoliano Moreno foi batizado junto com outras onze pessoas que acompanharam essa obra de Deus, entre elas a irmã Gregória, irmã Regina Fernandez e o irmão Gregório Villalba. Houve Santa Ceia e Consagração matrimonial.

Irmã Gregória Peralta

No ano de 1979 na mesma localidade de Moisés Bertoni, em uma obra apostólica onde assistiram o irmão Juan Antonio Chávez, irmã Gregória Peralta e a irmã Juana Chávez, estiveram na casa do irmão Antoliano Moreno e dali partiram para realizar mais um batismo, à tarde. Estando às margens do rio as pessoas eram batizadas acompanhadas da irmã Gregória Pertalta e da irmã Juana Chávez.

Momentos antes de chegar ao lugar indicado, o irmão Juan Antonio Chávez e o irmão Rubén Acosta viram que os irmãos que estavam no lugar esperando o batismo foram atropelados pela comunidade, e as autoridades daquele lugar, com armas de fogo, começaram a lançar disparos sobre a multidão quando um grupo de cavalos que estava bebendo água começaram a correr assustados pelo barulho das armas de fogo.

Por esta tarde foi suspenso o batismo e regressaram à casa do irmão Antoliano Moreno. Horas depois, à noite, a mesma multidão rodeava a casa com más intenções e no pátio havia feixes de palha que foram espalhados pelos perseguidores.

Em um certo momento, falando eles das maravilhas de Deus, saiu um homem da multidão dirigindo-se à irmã Gregória Peralta, pedindo que orasse por ele, porque um de seus braços, o direito, tinha endurecido e não podia movê-lo. Orando, a irmã Gregória pediu que levantasse seu braço no nome de Jesus para mostrar para a multidão que fora sanado e nesse mesmo momento, ao ver esse milagre, as pessoas se retiraram.

No dia seguinte os obreiros se prepararam para retornar à cidade de Villarrica, sabendo que o ônibus saía às oito da manhã. Indo pelo caminho Deus falou irmã Juana Chávez que a obra ainda não estava completa por ter o batismo a fazer, então eles decidiram dirigir-se a casa da irmã Valentina Moudella sendo ela uma das que deviam ser batizadas, em cuja propriedade havia um riacho onde se realizou o batismo e a Santa Ceia.

Irmã Juana Chávez

Uma vez terminada a cerimônia, despediram-se com alegria por haver cumprido a missão apostólica, e regressaram à cidade de Villarrica.

Em outra oportunidade o irmão Juan estava pregando no púlpito e recebeu ameaças de morte por parte de alguns zombadores que chegaram com armas de fogo, então o irmão Juan em nome de Jesus os repreendeu e estas pessoas caíram no chão e os porteiros os tiraram para fora, prosseguindo  o Culto.

Era comum naquela época que durante as reuniões de Culto de adoração, alguns vizinhos lançarem pedras pelo teto ou na porta de sua casa, pois era tanto o ódio das pessoas que não mediam esforços para tentar fazer com que o irmão Juan desistisse do caminho que ele havia escolhido.

Sem duvidar da sua confiança que estava posta no Todo-Poderoso, suas mãos estavam sempre abertas para os necessitados com quem compartilhava o pão.

Foram tempos difíceis, duros, com lutas e perseguições, pois buscavam fazer calar a profética voz de Deus.

O irmão Juan foi a Assunción, e ali com fé inalterável, não temendo a nada nem a ninguém e confiante em Jesus, ganhava almas e as conduzia para o batismo de arrependimento. E sempre lembrava da Palavras de Deus que diz: 

Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação ou angústia, perseguição ou fome, nudez, perigo ou espada?" Romanos 8:35

Publicado em Igreja Belém
Qua, 27 de Outubro de 2010 15:07

Crescimento da Igreja

No pátio de sua casa a multidão se aglomerava, alguns sentados, outros de pé, outros encostados gemendo de dor esperavam receber uma oração, uma palavra de alento ao seu desespero. Seus filhos preparavam comida e água fresca para saciar a fome ou a sede de quem confiadamente procurava ao irmão Juan para pedir um conselho, uma oração ou conhecer a Doutrina de Deus.

A doutrina de Deus se estendia pelos Estados de Guairá, Caazapá, Caaguazú e em largas viagens e quaisquer que fossem os meios, seja a cavalo, de trem, ou a pé, o obreiro de valor ia pregando o amor de Deus e muitas almas se convertiam e eram curadas. Nada podia deter a tarefa de ganhar almas para Jesus.

Na localidade de Cerro Punta se fez uma igreja toda de pedra. Logo foram viagens a Assunción, onde a obra ia nascendo, o irmão Juan pregava a todos e a seus parentes, almas se convertiam, se sanavam inúmeros enfermos.

Também a vermelha, indomável e selvática terra do Alto Paraná conheceu as suas pisadas, quando na então cidade de Presidente Stroessner, hoje Ciudad Del Este, pode cruzar a pé a ponte da Amizade para ir pregar em Foz do Iguaçu.

Nem o duro frio de Encarnación podia deter a ordem de Deus: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. O que crer e for batizado será salvo, mas o que não crer, será condenado.

Conheça mais sobre a Igreja Belém no Paraguai, visite o site: www.iglesiabelen.org 

"Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado. E certamente estou convosco todos os dias, até a consumação do século" Mateus 28:20

                                            A IGREJA BELÉM NO BRASIL

 

Em Curitiba, um jovem executivo da moda, Hugo Borowski Filho, desfrutava de uma bem sucedida carreira profissional. Vivia cercado de luxo e beleza, tinha tudo que queria mas faltava algo em sua vida.

Seu trabalho requeria muitas viagens e em uma delas foi para Assunção, Capital do Paraguai. Ao chegar, foi cortar seu cabelo em um salão onde trabalhava um membro da Igreja Belém, chamado Félix, que avisado por Deus sobre o que se passava com aquele jovem o convidou para hospedar-se na casa de alguns irmãos paraguaios.

Aceitou o convite e sentiu a partir daquele momento uma paz que jamais havia experimentado. Renunciava naquele momento ao seu mundo de luxúria e vaidade e decidiu ficar morando naquele País.

Algum tempo depois mudou-se para Villarrica do Espírito Santo, onde fica a sede da Igreja Belém. Mesmo vivendo e morando com pessoas humildes, sentia-se feliz como nunca antes estivera.

Por volta do ano de 1990, voltou para Curitiba e começou a pregar a Palavra de Deus aos seus antigos colegas de trabalho que passaram a reunir-se todas as noites em sua casa para orar na sala da casa da sua mãe. Uma noite recebeu a visita de um Anjo do Senhor que lhe determinou que fosse forte e desse a primeira martelada para iniciar uma obra física que traria muitas almas para Jesus.

Sem hesitar e já nas primeiras horas do dia, levantou-se, pegou um martelo e começou a martelar o chão da garagem da casa. Tinha origem ali, naquele momento, a primeira casa de oração da Igreja Belém no Brasil. Em pouco tempo, aquele lugar ficaria pequeno demais para abrigar a tantos que ali chegavam.

Posteriormente foi alugado um imóvel na rua Mateus Leme, mais adequado para uma Igreja, e não muitos anos se passaram até que Deus, ouvindo as orações do seu pequeno rebanho no Brasil, concedeu uma antiga petição e possibilitou a compra de um imóvel próprio onde hoje está localizada a igreja Matriz, e também em seguida a compra do imóvel ao lado. Ambos serão, futuramente, anexados e reformados para dar lugar a uma igreja ainda maior do que a atual.

Hoje, Julho de 2016, já são quatro Igrejas no Brasil, sendo a Matriz em Curitiba, uma filial em Mafra, no Estado de Santa Catarina, outra no Estado do Rio Grande do Sul, na localidade de Canoas e uma filial em Guaratuba, no Litoral Paranaense. 

                       ...e deu fruto, que vingou e cresceu, produzindo a trinta, a sessenta e a cem, por um (Marcos 4:8)

Publicado em Igreja Belém
Qua, 27 de Outubro de 2010 14:52

O começo

Na cidade de Villarrica do Espírito Santo, no Paraguai, um ilustre cidadão, com princípios morais inquestionáveis, digno de honra, cuidadoso e caridoso e a quem todos os moradores conheciam como Don Juan (título de Nobreza), era chamado por uma mulher muito enferma que necessitava que lhe aplicassem uma injeção para acalmar sua profunda dor. Don Juan era conhecido por sua paciência e colaboração e sem hesitar acudiu aquela mulher.

Naquela mesma tarde, chegaram dois Missionários a uma humilde casa onde havia um enfermo agonizante, bateram palmas e comentaram sua missão evangélica, mas a mulher enferma preferiu agonizar a escutar aqueles varões. Don Juan Chavez que preparava a injeção para aplicar na enferma lhes saiu ao encontro e pediu que tivessem um pouco de paciência, pois ele queria escutar suas palavras.

Após terminada a assistência àquela mulher, aquele homem de olhos claros e porte senhoril de fina educação perguntou-lhes: Quais são as boas novas de que falam? Os Missionários responderam: Tu és o homem necessitado de Jesus Cristo para quem fomos enviados. Tua carne padece de uma enfermidade incurável e hoje te dizemos que o que é impossível para o homem a Deus é possível, tão somente creia no Senhor Jesus e serás salvo. Ir. Juan respondeu: Se o Senhor os enviou, eis-me aqui, digam-me o que devo fazer porque estou enfermo. Ir. Juan foi batizado nas águas e logo após foi ungido pelo Espírito Santo recebendo de Deus diversos dons espirituais.

"Ora, a respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós sabeis que, quando éreis gentios, vos desviáveis para os ídolos mudos, conforme éreis levados. Portanto vos quero fazer compreender que ninguém, falando pelo Espírito de Deus, diz: Jesus é anátema! e ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor! senão pelo Espírito Santo.Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.A cada um, porém, é dada a manifestação do Espírito para o proveito comum.Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; a outro a operação de milagres; a outro a profecia; a outro o dom de discernir espíritos; a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação de línguas.Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer." Corintios 12:1-11

A Benção recebida nesse dia marcou o início de uma bela história de amor. O irmão Juan Chves, totalmente arrependido e confiado no amor de Deus, desce as águas do batismo. Sua fé, sua constância e seu amor sem medidas prontamente o converte em evangelista e junto com sua esposa, irmã Gregória, dão início à criação de uma pequena comunidade com o nome de Igreja Belém.

O irmão Juan teve que suportar a zombaria constante dos homens da sociedade, mas sua confiança no Senhor Jesus lhe amenizava o ânimo, fortalecia seu espírito e com amor e mansidão pregava as Boas Novas de Salvação, semeava a semente de amor.

Depois que um anjo do céu trouxe da parte de Deus a autoridade para exercer o sagrado ministério de Batizar, o servo Juan começou a pregar o batismo de arrependimento para perdão dos pecados, segundo a Palavra de Deus, guiado pelo Espírito Santo. Com a ajuda de Deus, começou este grande ministério nas águas do arroio Zulimán, águas que corriam em terra guairenha, ao norte de Villarrica. Os irmãos saiam em carretas desde a Casa Pastoral acompanhando o irmão Juan e assim se deu início ao renascimento das almas daqueles que arrependidos de seus feitos pecaminosos eram batizados confessando seus pecados, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

"Ora, João usava uma veste de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre. Então iam ter com ele os de Jerusalém, de toda a Judéia, e de toda a circunvizinhança do Jordão,e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados." Mateus 4:4-6."Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não Nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito." João 3:4-6

As primeiras conversões aconteceram ao norte de Villarrica no lugar denominado Tuyuti. As primeiras obras do Ir. Juan foram realizadas em companhia de sua esposa e dos irmãos Victor Ibarra e Ignácio Cárceres, que chegaram a San Salvador onde se converteu o irmão Gregorio Villalba. Também foram pregar nas localidades de Maciel, Yegros e Moisés Bertoni onde se converteram os irmãos Antoliano Moreno e Mario León. A pregação também chegou a Ilha Alta onde muitos foram batizados. O ministério de Batismo se estendeu nos arredores de Villarrica nos Rios Bobo e Igervosea.

Primeiro Tabernáculo: Na casa do Ir. Juan havia um espaço reservado para oração - o primeiro tabernáculo - mais conhecido como Koty Po'i (salinha estreita), de uma dimensão de 1,60 x 5m, onde se realizavam vigílias, orações e onde Deus enviava seu Espírito Santo e os anjos subiam e desciam trazendo e levando mensagens divinas. O povo clamava, e Deus atendia as petições, haviam curas, cânticos celestiais, profecias, visões e a virtude de Deus se manifestava com poder e autoridade. O irmão Juan orava, alçava as mãos e os irmãos recebiam o Espírito Santo.

Publicado em Igreja Belém

A Igreja Belém tem como declaração integral de sua fé e doutrina a Bíblia Sagrada, pois cremos que nela estão todos os ensinamentos e instruções para a vida Cristã. O único registro da existência de Deus é a Bíblia Sagrada.

Cremos fielmente que foi escrita pela inspiração divina e que tudo que nela está escrito é a verdade. Se duvidarmos de uma frase sequer, estaremos invalidando toda a Palavra de Deus, pois está escrito na última página do último capítulo (Apocalipse) do livro Sagrado:

"Declaro a todos os que ouvem as palavras da profecia deste livro.Se alguém lhe acrescentar algo, Deus lhe acrescentará as pragas descritas neste livro. Se alguém tirar alguma palavra deste livro de profecia, Deus tirará dele a sua parte na árvore da vida e na cidade santa, que são descritas neste livro." Apocalipse  22:18-19

A Fé é a declaração do amor verdadeiro a Deus e seu 1° mandamento: "Amar a Deus sobre todas as coisas." Êxodo 20. Para ser completo devemos crer na palavra de Deus sobre todas as coisas, afinal não é possível amar aquilo em que não acreditamos. Se aceitarmos alguma dúvida quanto a veracidade de versículos ou capítulos da Bíblia, como saberemos em qual crer? Assim estariamos negando a vinda e as mensagens de Jesus. Estariamos a mercê da doutrina da interpretação dos homens e não mais de Deus.

Publicado em Home