Administrator

Administrator

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Qua, 10 de Novembro de 2010 10:48

Amarildo Carvalho

Meu nome é Amarildo Carvalho, tenho 39 anos e até os 30 vivia em aflição, sem fé e sem esperança. E este é o meu testemunho:

Assim como muitos eu sempre dizia ter minha religião e fazer parte de uma igreja e quando as pessoas vinham me falar de Deus, essa sempre era minha desculpa. E quase sempre não deixava que elas continuassem a me falar. Dizia ter minha religião, mas não conhecia a Deus e muito menos sua palavra, pois para mim a bíblia estava escrita em grego, nas poucas vezes que tentei ler não entendia nada.

Vivia como queria e apesar de muitos conselhos de meus familiares comecei a beber e a fumar, pois queria estar de acordo com os amigos que andavam comigo. Conheci minha esposa no trabalho, noivamos e casamos. Nesse tempo nós trabalhávamos em um restaurante onde eu era gerente, quando me vi, já afundando no vício da bebida e do cigarro, não conseguindo mais sair deles. Depois de dois anos de casados, minha esposa já não agüentava mais conviver comigo, quando um dia resolveu sair de casa e ir para casa de seus pais, mas no caminho ela pensava de como ia dizer a sua família que tinha fracassado em seu casamento. Quando Deus começou a fazer a obra em nossas vidas, e ela voltou para casa.

Minha irmã já há muito tempo estava buscando um lugar onde encontrasse a Deus, quando soube que alguns amigos estavam se reunindo em uma casa de oração e logo ela mesmo se convidou para conhecer esse lugar. Chegando lá maravilhou-se de como Deus falara com ela naquela noite de oração. Toda maravilhada começou a testemunhar do que Deus havia dito através de seus elementos daquele lugar, que até as orações que tinha em oculto Deus repetira para que ela cresse. Ouvindo seu testemunho, fiquei muito curioso e com muita vontade de conhecer esse lugar. Minha avó que escutara também o testemunho chamou-me à parte e disse que estava preocupada com essa igreja onde minha irmã estava indo, me pediu que fosse com ela na próxima vez. E na segunda vez que minha irmã foi até a casa de oração fui com ela. Chegamos a uma pequena sala onde estavam alguns poucos irmãos orando e naquela noite pela primeira vez ouvi a voz de Deus que falou comigo.

Desde então começamos a freqüentar essa pequena sala de oração e através das vigílias de oração e dos cultos passamos a conhecer a Deus e qual era a vontade Dele para nossas vidas, até que soubemos que era necessário nos arrependermos de nossos pecados, e "nascer de novo" através do batismo nas águas, como Jesus nos deixou como exemplo batizando-se no rio Jordão. Até então eu continuava a lutar contra o vicio da bebida e do cigarro. Em setembro de 1999, em uma quinta feira à noite, estava eu em minha casa fumando e apagando o cigarro falei a Deus: " Senhor, se esse batismo é um renascimento, eu não nasci com nem um vício, então que eu renasça sem vício algum Senhor..." e assim no dia seguinte  saímos de Curitiba com destino a cidade de Villarrica Del Espiritu Santo no Paraguai, onde fica a central de nossa igreja Belém, e durante nossa viagem em uma das paradas, senti uma grande vontade de fumar, pois faziam mais de vinte e quatro horas que eu não fumava e era tão grande a vontade que entrei logo no ônibus para não ceder.

Chegamos ao Paraguai no sábado pela manhã, e fomos direto ao rio do batismo. E lá encontramos muitas pessoas que também iriam se batizar. Conosco foram 467 irmãos e irmãs que renasceram para Jesus nesse dia. Quando desci as águas não percebi que Deus já tinha feito a sua obra em minha vida, mas junto comigo se batizaram minha irmã e minha esposa. Ficamos na igreja de Villarrica mais alguns dias e quando retornamos para Curitiba fui direto para meu trabalho onde meu chefe me serviu um cafezinho e enquanto bebíamos o café ele acendeu um cigarro mas quando senti o cheiro me deu enjôo e vontade de vomitar. Então percebi que Deus tinha feito a obra por completo em minha vida e na vida de minha esposa.

Depois disso aprendemos a nos reconciliar e pedir perdão um ao outro, de não guardar mais ofensas, começamos a buscar a Deus juntos e todas as promessas que Deus nos fez estão se cumprindo em nossas vidas. Hoje sou um pregador da palavra de Deus, minha esposa e eu fazemos parte do grupo coral da igreja, e temos uma grande alegria de servir e trabalhar na obra de Deus.

Qua, 10 de Novembro de 2010 10:22

BEM-AVENTURADO

Pregador: Israel Souza

Leitura Bíblica:  SALMOS 32:1-5

Tema: Bem-Aventurado

Este é um dos meus Salmos preferidos, e gostaria de compartilhar com você o motivo nos primeiros 5 versículos:

  1. Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto. A Bem aventurança é uma alegria que diferente, é uma alegria que vem do alto, e só alcança esta alegria verdadeira quando o pecado é perdoado pelo Altíssimo.

  2. Bem-aventurado o homem a quem o SENHOR não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano. Tem esta alegria verdadeira aquele à quem o Senhor não mais lhe requer o pecado, pois está livre do mesmo.

  3. Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia. O rei Davi aprendeu uma lição, pois neste versículo ele diz que enquanto ele ficou em silêncio, ele sentia dores no corpo, e gemia de dores o dia todo.

  4. Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. Enquanto ele ficava em silêncio ele sentia que a mão de Deus pesava sobre ele, e até o seu humor ficava amargo. Que lição foi esta que ele aprendeu? o que ele precisava falar para que todas as dores e pesares saíssem e pudesse se sentir liberto?

  5. Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado.  

DESATAMENTO

O rei Davi precisava confessar o seu pecado à Deus, e não tentar encobri-lo com seu silêncio, deve confessar suas falhas à Jesus, se arrepender para receber o perdão e a libertação do corpo, alma e espírito.

Há muitos cristãos que não conhecem esta grande verdade, pois quando vão se reconciliar com Deus, falam de modo muito geral ou genérico. Se formos interrogados em um tribunal perante um juiz, devemos dizer o que aconteceu em detalhes e não de forma geral, por isso na hora de confessar deve-se dizer o quê, com quem, como, o que falou e etc, para que seja bem desatado o nó feito no coração.

Por isso é que multidões buscam à Deus em cultos e vigílias, mas muitas vezes voltam da mesma forma que foram, quando não voltam pior, porque pedem fé, paz, amor e etc, mas não tem espaço para entrar estas coisas no coração, pois ele está cheio. Deve-se confessar à Deus com arrependimento, para que haja espaço vago, confessar angústias, palavras duras ouvidas e faladas, etc. (Mateus 5:8 - só os limpos de coração verão à Deus).

Que a Paz de Deus repouse em seu coração. 

Qua, 10 de Novembro de 2010 10:08

A LEI E A GRAÇA

Pregador: Rodrigo Pacheco Fernandes

Leitura Bíblica: Efésios 2-1:10

Tema: A Lei e a Graça

Amados irmãos, é fundamental que todos nós tenhamos essa vida especial com Deus em oração, pois ela nos mostra e nos revela, aquilo que necessitamos para entender o propósito de Deus para nossas Vidas.

Através dessa Secreta Oração é que Deus derrama sobre nós do seu Espírito Santo, que é quem nos faz ter um contato todo especial com Deus, onde Deus se manifesta à você.

Por isso eu quero compartilhar com todos na epístola de Paulo a igreja de Éfeso no segundo cap.1-10

Leitura da Palavra

"E VOS vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados, Em que noutro tempo andastes segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe das potestades do ar, do espírito que agora opera nos filhos da desobediência. Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também. Mas Deus, que é riquíssimo em misericórdia, pelo seu muito amor com que nos amou, Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), E nos ressuscitou juntamente com ele e nos fez assentar nos lugares celestiais, em Cristo Jesus;

Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie; Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas"

Quem nos vivificou?

Referências:

Romanos 6:8 e 11

8 - Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com Ele viveremos.

11 - Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivo para Deus em Cristo Jesus nosso Senhor.

DESATAMENTO

Mensagem de Pregação

Ef. 1:2 - Quem era ou melhor , quem é o príncipe das potestades do ar? Nós andávamos segundo o curso desse mundo pois éramos guiados por esse príncipe das potestades do ar!

Sei que alguns aqui se assustaram por saber que quem comandava sua vida até hoje, era o próprio satanás. Mas não se preocupe não meu irmão, pois eu disse comandava, pois hoje Deus te dá a oportunidade de pôr fim nessa história, aceitando a Jesus Cristo, com seu único Senhor e Salvador.

Muitos estão falando: há! mais eu já o aceitei... irmão eu vos digo Deus quer que você faça isso com muito amor de coração e não de lábios.

Sabe porque Deus me insta em lhes falar sobre isso? Porque no evangelho de João 14:21 diz: Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama.

Volto a perguntar: Você aceitou a Jesus com amor ou de lábios? Você guarda os mandamentos de Deus?

Não responda isso a mim, medite você em seu coração, pois hoje no final do culto, você terá a oportunidade de aceitá-lo de coração ou até mesmo renovar o seu compromisso com Ele.

Ef. 5 - Pela Graça sois salvos - E em Jo. 14:26 diz: "Mas o consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo o que vos tenho dito".

Aqui Jesus disse que seu Pai (Deus) enviará o consolador, que vai nos ensinar tudo e ainda nos fazer lembrar de tudo isso, que Ele mesmo tem nos ensinado, aqui nessa palavra fala que pela Graças somos salvos, quem é essa Graça?

É o consolador, o Espírito de Deus.

Ef. 8 - Aqui Paulo mais uma vez afirma que somos salvos por essa Graça (o consolador), mais ainda frisa, por meio da fé. Está em Hb 11:6 - "Ora sem fé é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que Ele existe e que é Galardoador dos que o buscam".

Amado irmão você tem que crer que Deus existe e que o Seu Espírito de Deus se faz presente dentro de nós, habitando em nossos corações e não apenas nos visitando.

Eu sempre digo que a fé é o combustível do crente,pois sem ela o crente não busca mais a face de Deus. Pensemos juntos então, um carro anda sem o combustível?

Da mesma forma o nosso carro Espiritual não pode caminhar sem a fé!

Paulo fez uma pequena observação aqui: "Isso não vem de vós é dom de Deus!"

Enfim...

Mas irmão Rodrigo, como vamos alcançar, esse dom de Deus?

Amado irmão o que diz nos versículos 4 e 5 de Efésios 2 ?

Quando Jesus entregou a sua vida naquela cruz, Ele tava ali comprando a sua vida para te dar a liberdade e como isso?

Quando você aceita a Cristo de coração e desce as águas do batismo, nesse momento você está desfazendo o corpo do pecado na morte de seu velho homem, para ressurgir de dentre os mortos assim como fez Cristo no terceiro dia, dessa forma você é vivificado juntamente com Cristo e vive em sua semelhança de vida e daí então recebe desse dom Gratuito de Deus, amém! 

Pregador: Diomar da Veiga

Leitura Bíblica:  Êxodo 20 - 10 Mandamentos

Tema: Como Amar e ser amado por Deus

Êxodo 20:1-17

  1. Então falou Deus todas estas palavras, dizendo:

  2. Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.

  3. Não terás outros deuses diante de mim.

  4. Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

  5. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

  6. e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos.

  7. Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.

  8. Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.

  9. Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho;

  10. mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas.

  11. Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou.

  12. Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

  13. Não matarás.

  14. Não adulterarás.

  15. Não furtarás.

  16. Não dirás falso testemunho contra o teu proximo.

  17. Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

DESATAMENTO

Vers. 1 e 2 – Queridos irmãos e irmãs, O senhor hoje está nos dando, por escrito, a receita para sermos verdadeiramente felizes, quer deixar clara a maneira que escolheu para demonstrarmos nosso amor por Ele e como podemos nos libertar do Egito, ou seja, do mundo dominado por Satanás e pelas suas armadilhas. Jesus veio para nos dar vida, e vida em abundância, enquanto o único desejo do inimigo é roubar, matar e destruir. E o cumprimento dos mandamentos é a nossa melhor arma de defesa.

Tem um versículo em JOÃO 14-21 que diz: Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.

1º Mandamento: Não terás outros deuses diante de mim.

Se não tivermos atenção, poderemos ter inúmeros deuses na nossa vida, queridos irmãos e irmãs, muitos. Mas o que é outro deus? Outro deus é tudo aquilo que é objeto de um culto ou de um desejo ardente, que se antepõe a todos os demais desejos ou afetos, principalmente aquilo que colocamos acima de Deus. Outro deus pode ser nosso Pai ou Mãe carnal, esposa, esposo, filho, filha, trabalho, um bem material ou até mesmo dons e ministérios recebidos na casa de Deus. Nada, absolutamente nada deve ficar na mesma altura de Deus, irmãos e irmãs, nada, pois não há nada que sequer se aproxime da grandiosidade de Deus. Já vi muita gente adorando o Sol, a Lua, adorando cartomantes, horóscopos, videntes, e até mesmo simpatias das mais diversas. Tudo em vão, tudo inútil, e o pior: atitudes que serão utilizadas contra nós naquele grande dia, onde serão julgados os vivos e os mortos.

Tem dois versículos que gostaria de lembrar para todos nós: Um é uma afirmação que se encontra em Ozéias 13,4 - "Porque salvador não há além de mim" e o outro é um alerta vermelho que se encontra no livro de Jeremias 25-6: "Não sigais outros deuses para os servir e adorar". Resumindo: Jesus é o caminho, a verdade e a vida, não há outro salvador, nem pai, nem mãe, nem irmão, nem emprego, nem casa, nem carro, nem bilhões de dólares, absolutamente nada irá nos salvar, a não ser nosso Deus Todo Poderoso. Seguir outros deuses é como entrar em um avião cujo piloto não tem mais vontade de viver, cujo piloto sabe que dali a instantes vai morrer e que sabendo disso está disposto a levar com ele o máximo possível de outras pessoas. Ele vai te garantir que está em perfeitas condições, que a aeronave está revisada, que o tempo está bom, que todos chegarão felizes aos seus destinos, mas, como o inimigo age, está mentindo, enganando, entorpecendo todos com suas ilusões porque quer é matar e destruir. Assim age o inimigo quando quer nos convencer a não cumprir seus mandamentos.

2º Mandamento: Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.5 Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam. 6 e uso de misericórdia com milhares dos que me amam e guardam os meus mandamentos.

Queridos Irmãos e Irmãs, em Salmos 35:15-18 está escrito que "Os ídolos das nações são prata e ouro, obra das mãos dos homens; têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem; têm ouvidos, mas não ouvem; nem há sopro algum na sua boca. Semelhantemente a eles se tornarão os que os fazem, e todos os que neles confiam".

Não temos que adorar a criatura, não tem sentido adorarmos um pedaço de árvore, um pedaço de pedra, de ferro, de ouro, não importa do que seja feito! Temos é que adorar o único Deus Vivo que existe, aquele que pode fazer tudo por nós. Imagens são apenas cópias, produtos de imaginação, invenções, crendices. Não temos que cair nessa armadilha de Satanás, temos que alertar as pessoas que hoje estão – aos milhares e milhares – sendo enganadas adorando imagens, esculturas, quadros, crucifixos, fotos e tantas outras figuras que o inimigo, muito astuto, quer que as pessoas substituam pelo Deus Verdadeiro. Sabem o motivo? Porque o inimigo veio para matar, roubar e destruir, porque ele nos odeia é quer que todos, sem exceção, pereçam no lago de fogo e de enxofre junto com ele. E quando nos afasta de Deus consegue o que quer.

3º Mandamento: Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente aquele que tomar o seu nome em vão.

Irmãos e Irmãs, prestem atenção na última frase que diz que o Senhor não terá por inocente aquele que tomar seu nome em vão. Muita atenção, por que de nada vai adiantar – naquele dia do julgamento – dizer que foi sem querer, que não sabia, que escapou, etc., porque NÃO será considerado inocente deste pecado, do não cumprimento deste importante mandamento. Mas o que é falar em vão ? É toda vez que falamos algo sem necessidade real, sem valor, inútil, ilusório, de balde. O nome de Deus é SAGRADO, não deve ser dito em locais impróprios nem de balde. O nome de Deus é SANTO, tem Poder, deve ser respeitado. Jamais, jamais devemos utilizá-lo em piadas, brincadeiras, juramentos ou mesmo em puras exclamações. Não ficaremos impunes, tenham absoluta certeza.

4º Mandamento: Lembra-te do dia do sábado, para o santificar. 9 Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho; 10 mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus. Nesse dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas. 11 Porque em seis dias fez o Senhor o céu e a terra, o mar e tudo o que neles há, e ao sétimo dia descansou; por isso o Senhor abençoou o dia do sábado, e o santificou.

Queridos Irmãos, Queridas Irmãs, vamos entrar agora em um assunto controverso, polêmico, mas de FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA para aqueles que querem a salvação. O sábado sequer é mencionado em milhares de denominações, sequer é lembrado por bilhões de pessoas, quanto mais, guardado. Algumas igrejas dizem (interpretação do homem) que o sábado foi feito apenas para os Judeus, que valia apenas no velho testamento, que foi substituído pela Graça, que não estamos mais debaixo da Lei e etc. Porquê? para não contrariar seus fiéis, para não desagradar seus membros, para manter suas igrejas cheias (e seus cofres também) e também por pura ignorância (desconhecimento da verdade). Não guardam o sábado e não permitem que seus fiéis os façam e o pior: também não falam (alguns não sabem) das CONSEQUÊNCIAS do não cumprimento desse mandamento, também omitem o ALTÍSSIMO CUSTO dessa desobediência.

São inúmeras passagens da Bíblia Sagrada que confirmam esse mandamento, desde o Antigo até o Novo Testamento. Passagens que são adulteradas pelo homem, que são omitidas pelos falsos mestres (em 2ª Pedro, 2-1 diz: "Mas houve também entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá falsos mestres, os quais introduzirão encobertamente heresias destruidoras, negando até o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição"

Irmãos e Irmãs, guardar o sábado é um pacto perpétuo celebrado entre Deus e o Homem (ver Êxodo 31.16). A grande maioria das igrejas do mundo não guarda o sábado, não alertam seus fiéis sobre o que diz em Tiago 2.10 "Pois qualquer que guardar toda a Lei mas tropeçar em um só ponto, torna-se culpado de todos" .

Aqueles falsos mestres que dizem que não estamos mais debaixo da Lei e sim na Graça, se esquecem (e fazem seus membros esquecerem) do que Jesus Cristo falou em Lucas 16-17 - "É mais fácil passar o céu e a terra do que cair um til sequer da Lei" 

Omitem o que está escrito em Lucas 23.56: Então voltaram e prepararam especiarias e unguentos. E no sábado repousaram, conforme o mandamento. - E está escrito no Novo Testamento, após a morte de Jesus.

Os que dizem que não precisamos guardar o sábado ignoram – simplesmente ignoram – o que disse Jesus em Mateus 5:17-18 "Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas, não vim ab-rogar, mas cumprir"

Será que aquela palavra que está em Romanos 7.1 e que diz "Não sabeis vós, irmãos, que a Lei tem domínio sobre o homem por todo o tempo que vive?" não vale mais ? Vale, claro, e valerá para sempre para aqueles que seguem a verdadeira doutrina de Cristo – imutável - e a única que poderá nos levar à salvação.

Mas repetindo a pergunta: porque tantas igrejas guardam o domingo, e não o sábado? Ora, para que se cumpra o que está escrito no livro de Daniel 7:25: "Proferirá palavras contra o Altíssimo, e consumirá os santos do Altíssimo; cuidará em mudar os tempos e a lei; os santos lhe serão entregues na mão por um tempo"

Queridos Irmãos, Queridas Irmãs, meditem em Deuteronômio 11, dos versículos 13 ao 28, que fala sobre os benefícios da obediência aos mandamentos, das bênçãos e das maldições.

E a todos aqueles que não guardam o Sábado Santo, aqueles que insistem em dizer que estamos em pleno século 21 (e que não precisa mais tanta obediência, etc.) e principalmente aqueles que induzem terceiros a não cumprir esse mandamento, é importante lembrar o que está escrito no final da Bíblia, em Apocalipse, no último capítulo e no antepenúltimo versículo: "e se alguém tirar qualquer coisa das palavras do livro desta profecia, Deus lhe tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão descritas neste livro."

Reflexão

Em Marcos 12, Jesus resumiu os 10 mandamentos em 2: "Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses."

Os quatro mandamentos acima são o resumo do 1º dito por Jesus: Amarás pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças. Se amarmos nosso Deus como nos pediu Jesus estaremos automaticamente guardando os 4 primeiros mandamentos, ou seja, não teremos outros deuses, não adoraremos imagens esculpidas, não falaremos o seu nome em vão e guardaremos o sábado.

Os seis mandamentos comentados a seguir resumem o 2º dito por Jesus: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.  Se amarmos nosso próximo como a nós mesmos estaremos guardando os 6 mandamentos a seguir, ou seja, honraremos nosso pai e mãe, não mataremos, não adulteraremos, não furtaremos, não daremos falso testemunho e não cobiçaremos.

5º Mandamento: Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

Esse é um mandamento que já vem com promessa (para que se prolonguem os teus dias) e que devemos igualmente lembrar diariamente. Devemos honrar nossos pais, respeitá-los, perdoá-los, protegê-los, ajudá-los e principalmente levá-los pelas mãos no estreito caminho da salvação. E não esqueçam da ordem de Deus que está escrita em Mateus 14-4: "Pois Deus ordenou: Honra a teu pai e a tua mãe; e, Quem maldisser a seu pai ou a sua mãe, certamente morrerá".

6º Mandamento:  Não matarás

Matar, irmãos e irmãs, significa tirar a vida, fazer murchar, afligir, arruinar, desacreditar. É homicídio ou suicídio e tanto pode ser carnal como espiritual. O homem pode matar com armas ou com palavras e atitudes e por isso mesmo devemos tomar extremo cuidado no trato com nosso próximo. Em 1ª de João, capítulo 3, versículo 15 está escrito: "Todo o que odeia a seu irmão é homicida; e vós sabeis que nenhum homicida tem a vida eterna permanecendo nele". Temos que substituir a ira, o orgulho, a indiferença, o desrespeito, e tantas outras formas de machucarmos nosso próximo, pelo amor. Devemos orar para que Deus nos dê o amor de Cristo, que nos dê um coração manso e humilde, que nos ensine a amar o nosso próximo como a nós mesmos, pois eles também são filhos de Deus. Temos que dobrar nossa atenção com palavras e atitudes que podem ferir nosso próximo, nosso irmão.

7º Mandamento: Não adulterarás

O adultério pode ser igualmente carnal ou espiritual, amados irmãos e irmãs. E não é necessário chegar às vias de fato para infringirmos essa lei, mas basta que desejemos em nossos corações, e por isso é necessário também muito cuidado com nossas atitudes, pensamentos e desejos. Em Mateus 5:27 Jesus nos diz que "Qualquer que olhar para mulher e cobiçá-la, já cometeu adultério com ela"

Adultério significa infidelidade, traição, mudança, troca. E pode ser praticada contra nosso próximo ou contra Deus (quando o trocamos por cartomantes, videntes, simpatias, ídolos ou outros deuses quaisquer, inclusive nossos familiares, pessoas amadas, etc.).

Vemos em muitos carros adesivos dizendo: Deus é Fiel. Realmente, Deus é fiel, e assim nós também temos que sê-lo. Temos que ser fiéis Àquele que permitiu que seu único e amado filho fosse preso, humilhado, torturado e assassinado por nossa causa, nós, pecadores. E o mínimo que podemos fazer em troca, irmãos e irmãs, é guardar seus mandamentos, que é a forma que Deus quer que demonstremos nosso amor e nossa gratidão por Ele.

8º Mandamento: Não furtarás

Furtar é desviar, roubar, trapacear, apropriar, apoderar-se de algo que não lhe pertence. Tanto na vida material como espiritual podemos cometer esse pecado. Temos que cuidar com o furto do que é intangível, ou seja, cuidar para não roubar a alegria, a paz, a esperança do nosso próximo. Temos que cuidar com nossas promessas: quando dizemos que vamos - e não vamos – estamos trapaceando, estamos furtando do próximo a certeza que demos que iríamos honrar aquele compromisso. O furto material merece cuidados também especiais, pois se pegarmos qualquer coisa – não importa o valor ou o quê – que não nos pertença, isso já sobe como roubo diante de Deus, e será usado como prova naquele dia do julgamento.

Se temos dons de profecia, visão, interpretação, e praticamos esses dons pela carne, também estamos praticando o roubo da palavra de Deus. Em Jeremias 23.30, está claro quando diz: "Portanto, eis que eu sou contra esses profetas, diz o SENHOR, que furtam as minhas palavras, cada um ao seu companheiro"

E contra Deus, é possível praticar o roubo? Sim, e está escrito no livro de Malaquias 3.8: "Onde me roubas ? Nos dízimos e nas ofertas alçadas... Vós sois amaldiçoados com a maldição; porque a mim me roubais, sim, vós, esta nação toda."

Às vezes não entendemos porque coisas desagradáveis acontecem para nós, que nos trazem prejuízos. No mesmo livro de Malaquias 3-11 encontramos a resposta, onde Senhor diz: "Também por amor de vós reprovarei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; nem a vossa vide no campo lançará o seu fruto antes do tempo, diz o Senhor dos exércitos". Ora, se roubamos a Deus como ele repreenderá o devorador ?

9º Mandamento: Não dirás falso testemunho contra o teu próximo

Falso testemunho é todo ato onde há mentira, fingimento, dissimulação ou dolo, é toda atitude enganosa ou traiçoeira. Falso testemunho é mentir, calar a verdade, é promessa não cumprida, são dívidas não pagas, são julgamentos que proferimos contra nosso próximo, são atitudes de acepção. O falso testemunho também pode ser praticado pelos profetas e visionários, conforme nos mostra Jeremias no capítulo 23-32: "Eis que eu sou contra os que profetizam sonhos mentirosos, diz o Senhor, e os contam, e fazem errar o meu povo com as suas mentiras e com a sua vã jactância; pois eu não os enviei, nem lhes dei ordem; e eles não trazem proveito algum a este povo, diz o Senhor."

Temos que ser crentes maciços, não superficiais. Temos que ter um testemunho irrepreensível diante de Deus e dos Homens. Temos que nos lembrar que nossas más atitudes podem impedir que um escolhido de Deus chegue à Igreja ou se afaste dela por causa das nossas ações impensadas e as vezes maldosa.

Temos, como filhos de Deus, ser retos, íntegros, sem manchas, sem nada que nos desabone. Somos filhos da Luz e não das trevas, e como filhos da luz, temos que ser luz para servir de farol para aqueles que estão na escuridão do mundo.

10º Mandamento: Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

A cobiça, queridos irmãos e irmãs, é o desejo veemente de bens tangíveis ou intangíveis, e pode se materializar quando cobiçamos a mulher ou o marido do próximo, quando cobiçamos bens materiais que não são nossos, quando cobiçamos aquele bom emprego daquele próximo, sua casa, seu carro, ou sua cultura e até mesmo seus dons espirituais. Todo desejo desequilibrado, sôfrego, ávido e descontrolado se chama cobiça. Temos que cuidar para não cair em mais essa armadilha.

Em 1ª Tessalonicenses 5:18 diz que "Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco." Assim, devemos extirpar esse câncer da cobiça de nossas vidas.

Devemos seguir o exemplo que o Senhor nos mostra em Filipenses 4:11: "Não digo isto por causa de necessidade, porque já aprendi a contentar-me com as circunstâncias em que me encontre." quer dizer, temos que contentar-nos com aquilo que o Senhor nos dá no momento, por que nada, absolutamente nada, acontece sem que Deus saiba ou permita que aconteça.

Final

Vamos meditar juntos: São apenas 10 (dez) regras estipuladas por Deus para que possamos conviver por toda eternidade junto com Ele, num lugar esplêndido onde não haverá noite, nem frio, nem dor, nem tristeza, onde a Luz será o próprio Jesus.

São apenas 10 regras, que podem ser resumidas em apenas duas: Amar a Deus sobre todas as coisas (e cumprirá os 4 primeiros mandamentos) e Amar ao teu próximo como a ti mesmo (e assim estará cumprindo os outros 6). É muito ? Não ! Não é nada perto da recompensa que Deus tem preparado para todos aqueles que cumprirem seus mandamentos.

Não é nada se comparada com a promessa que está em 2º Coríntios 6-18: "e eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso."

A sociedade nos coloca milhares de regras, de leis, e a recompensa por cumpri-las está apenas em sermos considerados cidadãos de bem enquanto vivermos (80, 90 anos). Deus coloca apenas 10 e a recompensa é nos tornarmos Filhos de Deus e sermos felizes por toda eternidade. Vale a pena !

Que Deus abençoe poderosamente cada um.

Amém.

Sex, 29 de Outubro de 2010 13:47

Batismo

Batismo nas Águas

A Igreja Belém segue rigorosamente a mesma doutrina dos apóstolos descrita na Sagradas Escritura pois cremos que nela estão todos os ensinamentos e instruções para a vida Cristã.

Todos os membros da Igrealtja Belém são batizados em águas correntes, conforme nos ensina a Bíblia:

"Ora, João usava uma veste de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre. Então iam ter com ele os de Jerusalém, de toda a Judéia, e de toda a circunvizinhança do Jordão,e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados." Mateus 4:4-6

"Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não Nascer da água e do Espírito, não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito." João 3:4-6

 

Batismo do Espírito Santo

Todos os irmãos e irmãs da Igreja Belém são batizados em águas correntes e ungidos pelo Espírito Santo, e aqueles que perseveram recebem dons espirituais de acordo com o que também nos ensina a Bíblia:

"altOra, a respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós sabeis que, quando éreis gentios, vos desviáveis para os ídolos mudos, conforme éreis levados. Portanto vos quero fazer compreender que ninguém, falando pelo Espírito de Deus, diz: Jesus é anátema! e ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor! senão pelo Espírito Santo.Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.A cada um, porém, é dada a manifestação do Espírito para o proveito comum.Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; a outro a operação de milagres; a outro a profecia; a outro o dom de discernir espíritos; a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação de línguas.Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer." 1º Corintios 12:1-11

"Enquanto Pedro ainda dizia estas coisas, desceu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra.Os crentes que eram de circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que também sobre os gentios se derramasse o dom do Espírito Santo;porque os ouviam falar línguas e magnificar a Deus." Atos dos Apóstolos 10:44-46

"Havendo-lhes Paulo imposto as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e falavam em línguas e profetizavam." Atos dos Apóstolos 19:6

Sex, 29 de Outubro de 2010 13:43

TESTEMUNHOS

A NOSSA GRANDE BENÇÃO

"Porque sabemos que, se a nossa casa terrestre deste tabernáculo se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna, nos céus." II Coríntios 5:1

Durante 9 anos estivemos esperando no Senhor, em meio a bastante dificuldades, clamando ao Deus Vivo por uma sede própria.

Depois de muitas orações, vigílias, jejuns buscando constantemente a resposta de Deus por Jesus Cristo nosso Senhor, pela misericórdia Divina, alcançamos esta benção, nosso pedido foi aceito e aprovado por Deus.

Nosso dirigente Presbítero Hugo inspirado pelo Espírito Santo de Deus, foi conduzido até o local e lá recebeu a confirmação de Deus. Um ato de fé, de coragem, de amor e de obediência, iniciou naquele momento a dedicar-se a compra do referido imóvel.

E agora já podemos contemplar as grandezas do nosso Deus por Jesus Cristo nosso Senhor e Salvador.

Sex, 29 de Outubro de 2010 13:29

OBRAS

A Igreja Belém Pentecostal Livre do Paraguai, além da realização de cultos normais em sua matriz e nas suas filiais, também realiza semanalmente orações em postos avançados, relacionados abaixo.

 

Caso uma dessas casas de oração fique na localidade onde resida e tenha interesse em participar desses eventos, ligue para nossa Igreja Matriz (041) 3344-1311 ou entre em contato com nossa Comunicação social (ver endereço no rodapé) informando seu e-mail e telefone que entraremos em contato com você para marcarmos sua visita.

 

CASAS DE ORAÇÃO

Casa de Oração – Guaratuba - 41-3472-8598 (Ândrea)

Reuniões de orações aos Sábados 

Casa de Oração – Jaraguá do Sul - SC - 47-9174-7704 (André)

Reuniões de orações aos Sábados 

                                                              E-mail Comunicação Social: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.  

Qua, 27 de Outubro de 2010 15:12

Perseguição

O irmão Juan e sua família sofriam perseguições desde o momento que a Luz Divina brilhou em seus corações. Primeiramente foram perseguidos por seus próprios parentes e depois pela comunidade em geral.

Eram épocas duras e difíceis para ser um cristão evangélico, porque as pessoas sem o entendimento da Palavra de Deus pensavam ser uma coisa feia e má. Numa localidade chamada Moisés Bertoni, uma multidão de pessoas tentou impedir que se realizasse o batismo mas não conseguiu e mesmo assim o irmão Juan, sofrendo grandes perseguições, realizava o batismo de arrependimento nas águas .

Em uma tarde do ano de 1975 o irmão Antoliano Moreno foi batizado junto com outras onze pessoas que acompanharam essa obra de Deus, entre elas a irmã Gregória, irmã Regina Fernandez e o irmão Gregório Villalba. Houve Santa Ceia e Consagração matrimonial.

Irmã Gregória Peralta

No ano de 1979 na mesma localidade de Moisés Bertoni, em uma obra apostólica onde assistiram o irmão Juan Antonio Chávez, irmã Gregória Peralta e a irmã Juana Chávez, estiveram na casa do irmão Antoliano Moreno e dali partiram para realizar mais um batismo, à tarde. Estando às margens do rio as pessoas eram batizadas acompanhadas da irmã Gregória Pertalta e da irmã Juana Chávez.

Momentos antes de chegar ao lugar indicado, o irmão Juan Antonio Chávez e o irmão Rubén Acosta viram que os irmãos que estavam no lugar esperando o batismo foram atropelados pela comunidade, e as autoridades daquele lugar, com armas de fogo, começaram a lançar disparos sobre a multidão quando um grupo de cavalos que estava bebendo água começaram a correr assustados pelo barulho das armas de fogo.

Por esta tarde foi suspenso o batismo e regressaram à casa do irmão Antoliano Moreno. Horas depois, à noite, a mesma multidão rodeava a casa com más intenções e no pátio havia feixes de palha que foram espalhados pelos perseguidores.

Em um certo momento, falando eles das maravilhas de Deus, saiu um homem da multidão dirigindo-se à irmã Gregória Peralta, pedindo que orasse por ele, porque um de seus braços, o direito, tinha endurecido e não podia movê-lo. Orando, a irmã Gregória pediu que levantasse seu braço no nome de Jesus para mostrar para a multidão que fora sanado e nesse mesmo momento, ao ver esse milagre, as pessoas se retiraram.

No dia seguinte os obreiros se prepararam para retornar à cidade de Villarrica, sabendo que o ônibus saía às oito da manhã. Indo pelo caminho Deus falou irmã Juana Chávez que a obra ainda não estava completa por ter o batismo a fazer, então eles decidiram dirigir-se a casa da irmã Valentina Moudella sendo ela uma das que deviam ser batizadas, em cuja propriedade havia um riacho onde se realizou o batismo e a Santa Ceia.

Irmã Juana Chávez

Uma vez terminada a cerimônia, despediram-se com alegria por haver cumprido a missão apostólica, e regressaram à cidade de Villarrica.

Em outra oportunidade o irmão Juan estava pregando no púlpito e recebeu ameaças de morte por parte de alguns zombadores que chegaram com armas de fogo, então o irmão Juan em nome de Jesus os repreendeu e estas pessoas caíram no chão e os porteiros os tiraram para fora, prosseguindo  o Culto.

Era comum naquela época que durante as reuniões de Culto de adoração, alguns vizinhos lançarem pedras pelo teto ou na porta de sua casa, pois era tanto o ódio das pessoas que não mediam esforços para tentar fazer com que o irmão Juan desistisse do caminho que ele havia escolhido.

Sem duvidar da sua confiança que estava posta no Todo-Poderoso, suas mãos estavam sempre abertas para os necessitados com quem compartilhava o pão.

Foram tempos difíceis, duros, com lutas e perseguições, pois buscavam fazer calar a profética voz de Deus.

O irmão Juan foi a Assunción, e ali com fé inalterável, não temendo a nada nem a ninguém e confiante em Jesus, ganhava almas e as conduzia para o batismo de arrependimento. E sempre lembrava da Palavras de Deus que diz: 

Quem nos separará do amor de Cristo? Tribulação ou angústia, perseguição ou fome, nudez, perigo ou espada?" Romanos 8:35

Qua, 27 de Outubro de 2010 15:07

Crescimento da Igreja

No pátio de sua casa a multidão se aglomerava, alguns sentados, outros de pé, outros encostados gemendo de dor esperavam receber uma oração, uma palavra de alento ao seu desespero. Seus filhos preparavam comida e água fresca para saciar a fome ou a sede de quem confiadamente procurava ao irmão Juan para pedir um conselho, uma oração ou conhecer a Doutrina de Deus.

A doutrina de Deus se estendia pelos Estados de Guairá, Caazapá, Caaguazú e em largas viagens e quaisquer que fossem os meios, seja a cavalo, de trem, ou a pé, o obreiro de valor ia pregando o amor de Deus e muitas almas se convertiam e eram curadas. Nada podia deter a tarefa de ganhar almas para Jesus.

Na localidade de Cerro Punta se fez uma igreja toda de pedra. Logo foram viagens a Assunción, onde a obra ia nascendo, o irmão Juan pregava a todos e a seus parentes, almas se convertiam, se sanavam inúmeros enfermos.

Também a vermelha, indomável e selvática terra do Alto Paraná conheceu as suas pisadas, quando na então cidade de Presidente Stroessner, hoje Ciudad Del Este, pode cruzar a pé a ponte da Amizade para ir pregar em Foz do Iguaçu.

Nem o duro frio de Encarnación podia deter a ordem de Deus: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. O que crer e for batizado será salvo, mas o que não crer, será condenado.

Conheça mais sobre a Igreja Belém no Paraguai, visite o site: www.iglesiabelen.org 

"Portanto, ide e fazei discípulos de todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado. E certamente estou convosco todos os dias, até a consumação do século" Mateus 28:20

                                            A IGREJA BELÉM NO BRASIL

 

Em Curitiba, um jovem executivo da moda, Hugo Borowski Filho, desfrutava de uma bem sucedida carreira profissional. Vivia cercado de luxo e beleza, tinha tudo que queria mas faltava algo em sua vida.

Seu trabalho requeria muitas viagens e em uma delas foi para Assunção, Capital do Paraguai. Ao chegar, foi cortar seu cabelo em um salão onde trabalhava um membro da Igreja Belém, chamado Félix, que avisado por Deus sobre o que se passava com aquele jovem o convidou para hospedar-se na casa de alguns irmãos paraguaios.

Aceitou o convite e sentiu a partir daquele momento uma paz que jamais havia experimentado. Renunciava naquele momento ao seu mundo de luxúria e vaidade e decidiu ficar morando naquele País.

Algum tempo depois mudou-se para Villarrica do Espírito Santo, onde fica a sede da Igreja Belém. Mesmo vivendo e morando com pessoas humildes, sentia-se feliz como nunca antes estivera.

Por volta do ano de 1990, voltou para Curitiba e começou a pregar a Palavra de Deus aos seus antigos colegas de trabalho que passaram a reunir-se todas as noites em sua casa para orar na sala da casa da sua mãe. Uma noite recebeu a visita de um Anjo do Senhor que lhe determinou que fosse forte e desse a primeira martelada para iniciar uma obra física que traria muitas almas para Jesus.

Sem hesitar e já nas primeiras horas do dia, levantou-se, pegou um martelo e começou a martelar o chão da garagem da casa. Tinha origem ali, naquele momento, a primeira casa de oração da Igreja Belém no Brasil. Em pouco tempo, aquele lugar ficaria pequeno demais para abrigar a tantos que ali chegavam.

Posteriormente foi alugado um imóvel na rua Mateus Leme, mais adequado para uma Igreja, e não muitos anos se passaram até que Deus, ouvindo as orações do seu pequeno rebanho no Brasil, concedeu uma antiga petição e possibilitou a compra de um imóvel próprio onde hoje está localizada a igreja Matriz, e também em seguida a compra do imóvel ao lado. Ambos serão, futuramente, anexados e reformados para dar lugar a uma igreja ainda maior do que a atual.

Hoje, Julho de 2016, já são quatro Igrejas no Brasil, sendo a Matriz em Curitiba, uma filial em Mafra, no Estado de Santa Catarina, outra no Estado do Rio Grande do Sul, na localidade de Canoas e uma filial em Guaratuba, no Litoral Paranaense. 

                       ...e deu fruto, que vingou e cresceu, produzindo a trinta, a sessenta e a cem, por um (Marcos 4:8)

Qua, 27 de Outubro de 2010 14:52

O começo

Na cidade de Villarrica do Espírito Santo, no Paraguai, um ilustre cidadão, com princípios morais inquestionáveis, digno de honra, cuidadoso e caridoso e a quem todos os moradores conheciam como Don Juan (título de Nobreza), era chamado por uma mulher muito enferma que necessitava que lhe aplicassem uma injeção para acalmar sua profunda dor. Don Juan era conhecido por sua paciência e colaboração e sem hesitar acudiu aquela mulher.

Naquela mesma tarde, chegaram dois Missionários a uma humilde casa onde havia um enfermo agonizante, bateram palmas e comentaram sua missão evangélica, mas a mulher enferma preferiu agonizar a escutar aqueles varões. Don Juan Chavez que preparava a injeção para aplicar na enferma lhes saiu ao encontro e pediu que tivessem um pouco de paciência, pois ele queria escutar suas palavras.

Após terminada a assistência àquela mulher, aquele homem de olhos claros e porte senhoril de fina educação perguntou-lhes: Quais são as boas novas de que falam? Os Missionários responderam: Tu és o homem necessitado de Jesus Cristo para quem fomos enviados. Tua carne padece de uma enfermidade incurável e hoje te dizemos que o que é impossível para o homem a Deus é possível, tão somente creia no Senhor Jesus e serás salvo. Ir. Juan respondeu: Se o Senhor os enviou, eis-me aqui, digam-me o que devo fazer porque estou enfermo. Ir. Juan foi batizado nas águas e logo após foi ungido pelo Espírito Santo recebendo de Deus diversos dons espirituais.

"Ora, a respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes. Vós sabeis que, quando éreis gentios, vos desviáveis para os ídolos mudos, conforme éreis levados. Portanto vos quero fazer compreender que ninguém, falando pelo Espírito de Deus, diz: Jesus é anátema! e ninguém pode dizer: Jesus é o Senhor! senão pelo Espírito Santo.Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.A cada um, porém, é dada a manifestação do Espírito para o proveito comum.Porque a um, pelo Espírito, é dada a palavra da sabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar; a outro a operação de milagres; a outro a profecia; a outro o dom de discernir espíritos; a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação de línguas.Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, distribuindo particularmente a cada um como quer." Corintios 12:1-11

A Benção recebida nesse dia marcou o início de uma bela história de amor. O irmão Juan Chves, totalmente arrependido e confiado no amor de Deus, desce as águas do batismo. Sua fé, sua constância e seu amor sem medidas prontamente o converte em evangelista e junto com sua esposa, irmã Gregória, dão início à criação de uma pequena comunidade com o nome de Igreja Belém.

O irmão Juan teve que suportar a zombaria constante dos homens da sociedade, mas sua confiança no Senhor Jesus lhe amenizava o ânimo, fortalecia seu espírito e com amor e mansidão pregava as Boas Novas de Salvação, semeava a semente de amor.

Depois que um anjo do céu trouxe da parte de Deus a autoridade para exercer o sagrado ministério de Batizar, o servo Juan começou a pregar o batismo de arrependimento para perdão dos pecados, segundo a Palavra de Deus, guiado pelo Espírito Santo. Com a ajuda de Deus, começou este grande ministério nas águas do arroio Zulimán, águas que corriam em terra guairenha, ao norte de Villarrica. Os irmãos saiam em carretas desde a Casa Pastoral acompanhando o irmão Juan e assim se deu início ao renascimento das almas daqueles que arrependidos de seus feitos pecaminosos eram batizados confessando seus pecados, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

"Ora, João usava uma veste de pelos de camelo, e um cinto de couro em torno de seus lombos; e alimentava-se de gafanhotos e mel silvestre. Então iam ter com ele os de Jerusalém, de toda a Judéia, e de toda a circunvizinhança do Jordão,e eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados." Mateus 4:4-6."Perguntou-lhe Nicodemos: Como pode um homem nascer, sendo velho? porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe, e nascer? Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não Nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito." João 3:4-6

As primeiras conversões aconteceram ao norte de Villarrica no lugar denominado Tuyuti. As primeiras obras do Ir. Juan foram realizadas em companhia de sua esposa e dos irmãos Victor Ibarra e Ignácio Cárceres, que chegaram a San Salvador onde se converteu o irmão Gregorio Villalba. Também foram pregar nas localidades de Maciel, Yegros e Moisés Bertoni onde se converteram os irmãos Antoliano Moreno e Mario León. A pregação também chegou a Ilha Alta onde muitos foram batizados. O ministério de Batismo se estendeu nos arredores de Villarrica nos Rios Bobo e Igervosea.

Primeiro Tabernáculo: Na casa do Ir. Juan havia um espaço reservado para oração - o primeiro tabernáculo - mais conhecido como Koty Po'i (salinha estreita), de uma dimensão de 1,60 x 5m, onde se realizavam vigílias, orações e onde Deus enviava seu Espírito Santo e os anjos subiam e desciam trazendo e levando mensagens divinas. O povo clamava, e Deus atendia as petições, haviam curas, cânticos celestiais, profecias, visões e a virtude de Deus se manifestava com poder e autoridade. O irmão Juan orava, alçava as mãos e os irmãos recebiam o Espírito Santo.

<< Início < Anterior 1 2 3 Próximo > Fim >>
JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL