André Lemes

André Lemes

URL do Website: E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.

Dom, 06 de Março de 2011 22:18

A IGREJA BELÉM NO BRASIL

Em Curitiba, um jovem gerente de lojas de grife em Shoppings, Hugo Borowski Filho, desfrutava de uma bem sucedida carreira profissional. Vivia cercado de luxo e beleza, tinha tudo que queria mas faltava algo em sua vida.

Seu trabalho requeria muitas viagens e em uma delas foi para Assunção, Capital do Paraguai. Ao chegar, foi cortar seu cabelo em um salão onde trabalhava um membro da Igreja Belém, chamado Félix, que avisado por Deus sobre o que se passava com aquele jovem o convidou para hospedar-se na casa de alguns irmãos paraguaios.

Aceitou o convite e sentiu a partir daquele momento uma paz que jamais havia experimentado. Renunciou naquela hora ao seu mundo de luxúria e vaidade e decidiu ficar morando naquele País.

Algum tempo depois mudou-se para Villarrica do Espírito Santo, onde fica a sede da Igreja Belém. Mesmo vivendo e morando com pessoas humildes, sentia-se feliz como nunca antes estivera.

Por volta do ano de 1990, voltou para Curitiba e começou a pregar a Palavra de Deus à todos os seus antigos colegas de trabalho que passaram a reunir-se todas as noites para orar na sala da casa da sua mãe. 

Foi em seguida acometido de uma gravíssima doença - câncer - e foi desenganado pelos médicos que com base em diagnósticos científicos lhe deram apenas mais 3 meses de vida. Mas mesmo com essa triste notícia e apesar da sua debilidade física decorrente da terrível enfermidade, continuou seu trabalho de evangelização e levava a Palavra de Deus onde pisasse. Não se esqueçera do que disse Jesus em Mateus 19:26 "Jesus, fixando neles o olhar, respondeu: Aos homens é isso impossível, mas a Deus tudo é possível"

Seu esforço fenomenal em continuar a obra de Deus mesmo naquelas péssimas condições físicas e sua fé inabalável resultaram na completa cura da sua doença, e logo aquela pequena sala ficou pequena demais para abrigar a tantos que ali chegavam.

Uma noite recebeu a visita de um Anjo do Senhor que lhe determinou que fosse forte e desse a primeira martelada para iniciar uma obra física que traria muitas almas para Jesus. Sem hesitar e já nas primeiras horas do dia, levantou-se, pegou um martelo e começou a martelar o chão da garagem da casa. Tinha origem ali, naquele momento, a primeira casa de oração da Igreja Belém no Brasil.

Posteriormente foi alugado um imóvel na rua Mateus Leme, mais adequado para uma Igreja, e não muitos anos se passaram até que Deus, ouvindo as orações do seu pequeno rebanho no Brasil, concedeu uma antiga petição e possibilitou a compra de um imóvel próprio onde hoje está localizada a igreja Matriz, e também em seguida a compra do imóvel ao lado. Ambos serão, futuramente, anexados e reformados para dar lugar a uma igreja ainda maior do que a atual.

Hoje, Março de 2011, já são três Igrejas no Brasil, sendo a Matriz Curitiba, uma em Mafra, no Estado de Santa Catarina e outra no Estado do Rio Grande do Sul, na localidade de Sapucaia do Sul e várias casas de oração, como Piraquara, Colombo, Guaratuba (região metropolitana de Curitiba).

Endereço da Matriz no Brasil: Rua de Rondônia, nº 75, esquina com Av. Salgado Filho - Bairro Guabirotuba - Telefone: 041-3344-1311

Como chegar na nova sede: 

SAÍDA DO TERMINAL BARREIRINHA

ônibus: São José/Barreirinha

ônibus: Tubo Paiol (conexão Fazenda Rio Grande)

ônibus: São José dos Pinhais - Aeroporto

ônibus: Pedro Moro - via Salgado Filho

SAÍDA PRAÇA RUI BARBOSA

ônibus: Guabirotuba

ônibus: Uberaba

ônibus: Canal Belém

ônibus: Vila São Paulo

SAÍDA JOÃO NEGRÃO

ônibus: Uberaba

ônibus: Canal Belém

ônibus: Vila São Paulo

INTERBAIRROS V

ônibus: Fazendinha

ônibus: Terminal Portão

ônibus: Terminal Vilas Oficinas

Como chegar de carro via BR:

Quem vem de carro sentido Porto Alegre > São Paulo: após passar a HAVAN (fica no lado esquerdo), entra à direita no primeiro sinaleiro e já verá a nova igreja.

Quem vem de carro sentido São Paulo > Porto Alegre: após passar o Colégio Medianeira e a concessionária Chevrolet, entra à direita, depois entra na primeira à esquerda, novamente na 1ª esquerda (semáforo) e segue reto, atravessa a BR e já verá a Igreja.

Quem sair do Centro, deve tomar como referência o endereço da PUC, que fica na Rua Imaculada Conceição, nº 1155 ou imprimir rota via Google de como chegar, acessando o link: http://maps.google.com.br/

                        ...e deu fruto, que vingou e cresceu, produzindo a trinta, a sessenta e a cem, por um (Marcos 4:8)

Ter, 28 de Dezembro de 2010 19:05

TESTEMUNHO

Ter, 28 de Dezembro de 2010 18:35

O PECADO

Pregador: Diomar da Veiga

Leitura Bíblica: 1ª Pedro 4:1-5

Tema: PECADO

1ª Pedro 4:1-5

1 Ora pois, já que Cristo padeceu na carne, armai-vos também vós deste mesmo pensamento; porque aquele que padeceu na carne já cessou do pecado;

2 para que, no tempo que ainda vos resta na carne não continueis a viver para as concupiscências dos homens, mas p/a vontade de Deus.

3 Porque é bastante que no tempo passado tenhais cumprido a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias.

4 E acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós;

5 os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos.

DESATAMENTO

VS 1 - Ora pois, já que Cristo padeceu na carne, armai-vos também vós deste mesmo pensamento; porque aquele que padeceu na carne já cessou do pecado;

Queridos Irmãos, Queridas Irmãs, Jesus hoje quer nos falar sobre o PECADO, o mal que separa o Homem de Deus. Temos que seguir o exemplo de Jesus, temos que viver longe do pecado, temos que renunciar aos manjares que o inimigo coloca diariamente e em abundância à nossa disposição. Temos que seguir o exemplo de Cristo, que abandonar, resistir, abdicar de tudo aquilo que não agrada a Deus. Temos que destruir esse intransponível obstáculo que separa o homem de Deus: o PECADO.

Está escrito na Palavra de Deus, em MC 8:35 - "Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á; mas quem perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, salvá-la-á". Sabem o que quer dizer esse versículo ? Quando fala que "quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á" Jesus nos alerta que quem quiser aproveitar os manjares do mundo vai perder a salvação – ou seja – vai desfrutar dos gozos do pecado aqui, por um curtíssimo período de tempo (60, 70, 80 anos), mas em compensação vai perder a vida eterna ao lado de Cristo. E quando fala que "quem perder a sua vida por amor de mim e do evangelho, salvá-la-á" Ele nos mostra que renunciando ao pecado e seguindo suas Leis, Mandamentos, Estatutos, Requerimentos, ganharemos a vida eterna e iremos fazer morada permanente na terra prometida, iremos morar com Ele no Céu, para toda Eternidade, naquele lugar onde não haverá tristeza, não haverá morte, não haverá lágrimas, nem dor, mas apenas a alegria e a paz infinita que só Deus pode nos dar.

VS 2 - para que, no tempo que ainda vos resta na carne não continueis a viver para as concupiscências dos homens, mas para a vontade de Deus.

O mundo em que vivemos está norteado pela liberdade absoluta, onde todos fazem o que bem entendem não se preocupando se agrada ou não à Deus e ignorando solenemente as conseqüências das suas atitudes. A preocupação maior das pessoas tem sido ao longo dos séculos a obtenção de riquezas materiais ignorando o que está escrito em Mateus 6:19-21 que diz "Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões minam e roubam, mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não minam nem roubam, Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração".

Mas quem liga para isso hoje em dia, nesse mundo capitalista e consumista? Quem se preocupa com o que pode lhe acontecer depois da morte carnal? Quem se preocupa em agradar a Deus? Quem está disposto a renunciar aos prazeres da carne e viver uma vida em santidade e obediência? Raríssimas pessoas, irmãos e irmãs, raríssimas. Mas de que nós vale vivermos 60, 70, 80 anos como queremos, como a carne quer, tendo apenas momentos de prazer e alegria, e depois passarmos toda ETERNIDADE em lágrimas e ranger de dentes ? Em Marcos 8:36 diz Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua vida? :

Meu irmão, minha irmã, temos que ir na contramão do mundo (muitos serão os convidados, mas poucos os escolhidos) se quisermos ser um dos escolhidos para morar toda eternidade com Jesus. Temos que juntar tesouros nos céus e não tesouros na terra. Como? Levando uma vida apartada, em santidade e obediência às Leis de Deus.

VS 3 - Porque é bastante que no tempo passado tenhais cumprido a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borrachices, glutonarias, bebedices e abomináveis idolatrias.

Amados, antes éramos cegos, surdos e mudos, éramos pecadores mortos para Cristo. A partir do momento em que aceitamos Jesus em nossas vidas, ressuscitamos e agora somos Filhos da Luz, Filhos de Deus, e como tais temos que viver. Temos que jogar fora das nossas vidas todas as dissoluções, concupiscências, idolatrias, rebeldia, desobediência, temos que – repito – viver em santidade, apartados do mundo. Temos que trocar as ideologias do mundo do homem, temos que nos libertar da sociedade consumista e das suas mazelas e colocar como metas em nossas vidas o Arrependimento, o Reconhecimento, a Humilhação e o Perdão, que são os pilares necessários para levarmos uma vida de acordo com a Santa Doutrina dos Apóstolos.

VS 4 - E acham estranho não correrdes com eles no mesmo desenfreamento de dissolução, blasfemando de vós;

Esse versículo nos alerta que ao optarmos andar pela contramão do mundo e na mão de Deus, seremos criticados, difamados, vão dizer que somos fanáticos, que passamos por uma lavagem cerebral e seremos considerados "anormais" e inimigos do mundo. Irmãos e Irmãs, creiam: infinitamente melhor ser inimigo do mundo do que de Deus. Em Tiago 4:4 diz: "Infiéis, não sabeis que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." Não sou eu quem está dizendo, é a Palavra de Deus. O que pode fazer o homem por você (os amigos do mundo)? Nada, a não ser levá-lo junto para um buraco sem fim. E o que pode fazer Deus por você? Tudo. Tudo que você pode e até o que não pode imaginar – sempre para o nosso bem.

Jesus disse em João 10-10: "O ladrão não vem senão para roubar, matar e destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância". Vamos ficar ao lado de quem ?

VS 5 - os quais hão de dar conta ao que está preparado para julgar os vivos e os mortos.

Quem hoje no mundo se preocupa com esse versículo? Quem hoje é consciente de que será julgado pelos seus atos, e que esse julgamento é justíssimo e implacável, sem direito à recorrer? Há milhares e milhares que pensam que suas atitudes ficarão por isso mesmo, que não terão conseqüências. Dos bilhões de seres humanos quem leva a sério o que diz em Apocalipse 20-13: "O mar entregou os mortos que nele havia; e a morte e o hades entregaram os mortos que neles havia; e foram julgados, cada um segundo as suas obras".

Irmãos e irmãs, ninguém, absolutamente ninguém, vivo ou morto, rico ou pobre, branco ou preto, poderoso ou humilde, crente ou descrente, escapará do grande julgamento. Todos, um a um, serão julgados pelas suas obras, todos, sem exceção, terão o mesmo julgamento, imparcial, justo e definitivo. Seja Presidente, seja lixeiro, seja Senador, seja porteiro ou um mega empresário, ninguém escapará. E naquele dia o julgamento resultará em uma das duas frases abaixo:

1) Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai. Possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo (MT 25:34);

2) Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai- vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos;

Se você quiser ouvir a primeira frase, terá que provar que teve uma vida reta e santa, que cumpriu todos os mandamentos, leis, estatutos e requerimentos de Deus, que renunciou às coisas do mundo para assumir o modo de vida de um filho de Deus. Se quiser ouvir isso não poderá ter provas que possam levá-lo a ouvir a segunda frase. Que provas são essas? PECADO - Vamos meditar sobre essas provas.

Queridos Irmãos, queridas irmãs, temos que nos conscientizar que o pecado não é um produto biodegradável, não prescreve, não é descartável, não se desintegra com o tempo, não se dissolve, não perde a validade. É indestrutível pelas forças humanas.

Podemos comparar o pecado como um câncer: O câncer mata se não for tratado, se não for extirpado, se não for curado e o tratamento é doloroso e caro. O pecado é ainda pior do que o câncer, porque levará para a condenação eterna, para aquele lugar indescritível onde haverá só choro e ranger de dentes.

Mas Deus, com seu infinito amor e misericórdia coloca à nossa disposição uma vacina infalível contra o pecado que está descrita ponto por ponto nas Sagradas Escrituras. Basta que a leiamos e cumpramos tudo que lá está escrito.

Quem já participou ou já viu um julgamento sabe que de um lado está o advogado de defesa, de outro o promotor (acusação) e na frente o Juiz. No julgamento final nosso advogado de defesa será Jesus Cristo, o promotor será Satanás e claro, o Juiz, Deus.

Vamos nos aprofundar um pouco mais: Nesse julgamento haverá fartura de provas, porque tudo, absolutamente tudo que fazemos, ouvimos, vemos, falamos, pensamos, está registrado no Livro da Vida, que será aberto naquele dia, como prova viva e irrefutável. Leiam o Salmo 139.

Nosso advogado de defesa (Jesus) e o próprio Juiz, irmãos e irmãs, são testemunhas oculares de tudo que fazemos (não esqueçam que Deus é Onipotente, Onipresente e Onisciente). Como Ele vai nos defender se vivemos em pecado, como Ele vai nos defender se existem tantas provas incontestáveis contra nós ??? A condenação é líquida e certa, é garantida por causa dos nossos pecados (provas) e se assim nos encontrarmos naquele dia, infelizmente ouviremos a 2ª frase mencionada acima (Apartai- vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o Diabo e seus anjos).

Irmãos e Irmãs, contra fatos não existem argumentos. Pecados são fatos, repito, não são produtos biodegradáveis, não prescrevem, não são descartados, não se desintegram, não se dissolvem, não perdem a validade. E não adianta ser o Presidente do país mais poderoso do mundo, ser um político influente, ser bilionário, não adianta nada, porque o Juiz é ninguém menos que Deus. Ponto final.

Reitero a afirmação que o pecado é indestrutível pelas forças humanas, não adianta dinamite, nem ácido, nem fogo, nem nada neste planeta. Está registrado, um a um e detalhadamente no Livro da Vida. 

Só podemos nos livrar dessas provas (pecados) se os confessarmos, se nos arrependermos de tê-los cometido, se renunciarmos (não adianta se arrepender e não renunciar) à eles. É a única solução, é de graça, e pode ser feita agora nesse instante.

Muitos podem questionar a existência dessas provas, e à essas pessoas recomendo que leiam o que está escrito em Mateus 18:18: Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu. Quando ligamos? Quando pecamos. Como desligarmos? Confessando nossos pecados.

Assim também muitos podem dizer que não pecam, porque não traem, não roubam, não matam, e etc. A esses recomendo que leiam o que está escrito em 1ª Reis 8:46: "Quando pecarem contra ti (pois não há homem que não peque)...", ou ainda no livro de Salmos 14:2-3 –" O Senhor olhou do céu para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento, que buscasse a Deus. Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não há sequer um." No livro de Provérbios 24:16 está que escrito que um justo peca 7 vezes. Quem é justo ? Alguém já falou para você que pecamos inúmeras vezes por dia, seja através dos nossos olhos, nossos ouvidos, nossos lábios, nosso coração, nossa mente, nosso comportamento? Ainda acha que não peca? Se conseguíssemos pecar uma única vez por dia, quantos pecados teríamos acumulado até hoje ? Veja quantos anos você tem e faça as contas.

Muitos acham que seus pecados não tem conseqüências aqui ou depois da morte. Há sim e também aqui mesmo, é só ler o que está escrito no livro de Miquéias 6:13 "Assim eu também te enfraquecerei, ferindo-te e assolando-te por causa dos teus pecados" Quem sabe alguém nesse momento não descobre as causas da sua enfermidade..."

Meus irmãos, minhas irmãs, alguém já viu de perto um navio? Viram com o é gigantesco? E sabem que o que segura e mantém parada aquela gigantesca embarcação é uma pequena âncora, minúscula se comparada ao tamanho do navio? Podemos também comparar o pecado com uma âncora. A âncora segura o navio, e o pecado impede a salvação se não for confessado, desatado, desligado no céu (vejam Mateus 18:18).

Tem muita gente que não gosta de ser enumerado, não admite seus erros, muito menos suporta a idéia da confissão. Grave erro. Gravíssimo. Temos que proceder ao contrário, temos que orar para que sejamos enumerados, exortados, porque é assim que teremos a oportunidade de confessar e renunciar aos nossos pecados, apagando definitivamente as provas que poderiam ser utilizadas contra nós naquele grande dia.

O dia do julgamento ninguém sabe, nem Jesus, e isso está escrito na Bíblia. Pode ser hoje mesmo ou daqui a centenas de anos, mas devemos nos lembrar que cada dia que passa provas estão sendo anexadas no Livro da Vida e do que está escrito em Mateus 24: "Aí das que estiverem grávidas (pecado não confessado) e das que amamentarem (estiverem em pecado) naquele dia"

Para finalizar, lembrem-se sempre: O pecado não é um produto biodegradável, não prescreve, não é descartável, não se desintegra com o tempo, não se dissolve, não perde a validade.

Que Deus os abençoe poderosamente.

Amém.

Ter, 28 de Dezembro de 2010 18:28

JESUS, A ÁGUA DA VIDA

Pregador: Júlio H. Wolff Antonio

Leitura Bíblica: João 4-1:26

TEMA:  Renovação -  Jesus: a Água da Vida

João 4.1-26

1 E quando o Senhor entendeu que os fariseus tinham ouvido que Jesus fazia e batizava mais discípulos do que João

2 (Ainda que Jesus mesmo não batizava, mas os seus discípulos),

3 Deixou a Judéia, e foi outra vez para a Galiléia.

4 E era-lhe necessário passar por Samaria.

5 Foi, pois, a uma cidade de Samaria, chamada Sicar, junto da herdade que Jacó tinha dado a seu filho José.

6 E estava ali a fonte de Jacó. Jesus, pois, cansado do caminho, assentou-se assim junto da fonte. Era isto quase à hora sexta.

7 Veio uma mulher de Samaria tirar água. Disse-lhe Jesus: Dá-me de beber.

8 Porque os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida.

9 Disse-lhe, pois, a mulher samaritana: Como, sendo tu judeu, me pedes de beber a mim, que sou mulher samaritana? (porque os judeus não se comunicam com os samaritanos).

10 Jesus respondeu, e disse-lhe: Se tu conheceras o dom de Deus, e quem é o que te diz: Dá-me de beber, tu lhe pedirias, e ele te daria água viva.

11 Disse-lhe a mulher: Senhor, tu não tens com que a tirar, e o poço é fundo; onde, pois, tens a água viva?

12 És tu maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, bebendo ele próprio dele, e os seus filhos, e o seu gado?

13 Jesus respondeu, e disse-lhe: Qualquer que beber desta água tornará a ter sede;

14 Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna.

15 Disse-lhe a mulher: Senhor, dá-me dessa água, para que não mais tenha sede, e não venha aqui tirá-la.

16 Disse-lhe Jesus: Vai, chama o teu marido, e vem cá.

17 A mulher respondeu, e disse: Não tenho marido; Disse-lhe Jesus: Disseste bem: Não tenho marido.

18 Porque tiveste cinco maridos, e o que agora tens não é teu marido; isto disseste com verdade.

19 Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta.

20 Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar.

21 Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me que a hora vem, em que nem neste monte nem em Jerusalém adorareis o Pai.

22 Vós adorais o que não sabeis; nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.

23 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

24 Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

25 A mulher disse-lhe: Eu sei que o Messias (que se chama o Cristo) vem; quando ele vier, nos anunciará tudo.

26 Jesus disse-lhe: Eu o sou, eu que falo contigo.

DESATAMENTO

Quando nos deparamos com esta mensagem podemos de imediato nos perguntar: O que buscamos quando vamos à Igreja? Ou ainda: o que buscamos quando nos dispomos à prestar culto à Deus? Uma das respostas à esta pergunta é porque buscamos pela água que Cristo tem a nos oferecer.

Bebemos água porque o nosso corpo tem necessidade de renovação. Dessa mesma forma o nosso Espírito tem necessidade de ter contato com Jesus e é através desse contato que experimentamos constante renovo.

A palavra nos diz também que Jesus nos faz fontes de água, isso porque o que o nosso Senhor nos oferece como Deus vivo e ressurreto dentre os mortos (tais quais a libertação, a transformação de vida, a paz, os milagres, entre tantos outros feitos) transborda e jorra alcançando e saciando não apenas a nós mas também àqueles que estão ao nosso derredor.

Semelhantemente, podemos tomar a parábola da multiplicação dos pães, na qual Cristo tomou cinco pães e dois peixes e com eles deu de comer a uma multidão. Isso aconteceu porque Jesus conhecia a necessidade de cada um daqueles pequeninos: uns precisavam de mais, outros de menos, mas Jesus podia prover tudo do que tinham falta.

Sendo assim, paremos novamente para refletir: se Jesus Cristo sacia as minhas necessidades e Ele sabe do que preciso e quando preciso e ainda, como preciso, porque ainda procuro saciar-me com outras coisas? Mais explicitamente, porque ainda procuro saciar-me com o que o mundo tem a me oferecer?

Algumas vezes nos descontentamos com o que acontece ao nosso redor: em casa, no trabalho, na escola ou faculdade e até na igreja e é então que nos colocamos como juízes a julgar o que é melhor ou não para nossas vidas e o que serve ou não para nós.

Alguma vez o(a) Irmão(ã) já imaginou que isso tudo é muita pretensão de nossa parte? Se Deus atenta à nossa oração sendo nós pecadores que somos, porque nós não atentariamos à Sua vontade? Ainda mais que o Deus que servimos é perfeito e nós, com nossas próprias bocas, o confessamos como Senhor de nossas vidas.

Deus é o oleiro e nós somos o barro, nós é que devemos ser moldados à sua vontade e não o contrário. Não é bom que murmuremos e nos queixemos do que Deus tem nos oferecido e nos feito passar, não importa se aos nossos olhos passamos pelo vale de flores ou pelo vale da sombra da morte, pois Ele é quem está no controle e é Ele quem nos dá de beber a água da vida, que não se encontra em nenhum outro lugar. A nós convém esperar no Senhor tendo a consciência de que em tudo devemos dar graças pois somos filhos de um Deus onipotente (acaso o pai daria uma pedra ao filho que lhe pedisse pão?

Acerca dessas palavras a Bíblia ainda nos diz: não se pode servir a dois Senhores. Cristo nos diz que é tempo de decidir a quem queremos servir, pois o nosso caráter necessita ser transformado através do arrependimento de nossos pecados. Satanás é quem se contenta com nossa vida errônea e conformismo. Quando pensamos que não temos o que mudar é como se refutássemos a água que Cristo nos quer dar, acreditando que somos auto-suficientes. Aí então passamos por sede, pois não há sequer um justo, que não peque (não há sequer uma pessoa que não necessite da água da vida).

Jesus instrui-nos como beber da água que Ele dá nos versículos 25 e 26 ao mostrar que Ele é o Messias. Messias (em hebraico) quer dizer Cristo (em grego) ou ainda o ungido. A unção representa a consagração de Jesus à Deus para o trabalho de salvar as almas, isto é, representa a separação de Cristo para Deus e não para o mundo.

É exatamente isso que ele nos pede: tomá-lo como exemplo renunciando o mundo e a nossa própria consciência do que nos é melhor ou pior, aceitando a Deus e à Sua perfeita vontade.

LEITURA − João 7.37-39

37 E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim, e beba.

38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.

39 E isto disse ele do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; porque o Espírito Santo ainda não fora dado, por ainda Jesus não ter sido glorificado.

Quando recebemos da água da vida recebemos do Espírito Santo de Deus, que nos consola, corrige e ensina. É recebendo desse Espírito que somos ajudados a vencer, pois nos dá a conhecer e viver os propósitos de Deus e torna-nos, então, adoradores segundo a vontade do Senhor, fazendo-o em Espírito e em verdade.

Amém

Ter, 28 de Dezembro de 2010 18:19

QUANDO O HOMEM DESOBEDECE DEUS

Pregador: Jackson Zimmermann Staniske

Leitura Bíblica: Jonas 2-1:10

Tema: Qual é a situação do Homem quando desobedece a Deus, onde encontra-se, como fica sua alma

Jonas 2-1:10

E veio a palavra do SENHOR a Jonas, filho de Amitai, dizendo:

2 Levanta-te, vai à grande cidade de Nínive, e clama contra ela, porque a sua malícia subiu até à minha presença.

3 Porém, Jonas se levantou para fugir da presença do SENHOR para Társis. E descendo a Jope, achou um navio que ia para Társis; pagou, pois, a sua passagem, e desceu para dentro dele, para ir com eles para Társis, para longe da presença do SENHOR.

4 Mas o SENHOR mandou ao mar um grande vento, e fez-se no mar uma forte tempestade, e o navio estava a ponto de quebrar-se.

5 Então temeram os marinheiros, e clamavam cada um ao seu deus, e lançaram ao mar as cargas, que estavam no navio, para o aliviarem do seu peso; Jonas, porém, desceu ao porão do navio, e, tendo-se deitado, dormia um profundo sono.

6 E o mestre do navio chegou-se a ele, e disse-lhe: Que tens, dorminhoco? Levanta-te, clama ao teu Deus; talvez assim ele se lembre de nós para que não pereçamos.

7 E diziam cada um ao seu companheiro: Vinde, e lancemos sortes, para que saibamos por que causa nos sobreveio este mal. E lançaram sortes, e a sorte caiu sobre Jonas.

8 Então lhe disseram: Declara-nos tu agora, por causa de quem nos sobreveio este mal. Que ocupação é a tua? Donde vens? Qual é a tua terra? E de que povo és tu?

9 E ele lhes disse: Eu sou hebreu, e temo ao SENHOR, o Deus do céu, que fez o mar e a terra seca.

10 Então estes homens se encheram de grande temor, e disseram-lhe: Por que fizeste tu isto? Pois sabiam os homens que fugia da presença do SENHOR, porque ele lho tinha declarado.

Desatamento:

Qual é a situação do Homem quando desobedece a Deus, onde encontra-se, como fica sua alma?

Quando o Homem sofre a conseqüência do seu pecado, suplica a Deus e ainda alcança Misericórdia, porém existe um preço a ser pago;

Qual é a importância de sabermos orar? Temos que conhecer as escrituras para orar com entendimento, assim como oraram os profetas temos exemplos de orações Bíblicas que alcançaram favor do Altíssimo;

Devemos pedir a Deus uma mente de Cristo para agirmos com Misericórdia e mantermos nossa conduta em obediência;

Conclusão: A Salvação e a Fé resultam na Obediência a Palavra de Deus.

Ter, 28 de Dezembro de 2010 17:45

DEUS JAMAIS TE ABANDONARÁ

Pregador: José Hugo Borowiski Filho

Leitura Bíblica: Marcos 16:1-7

Tema: Deus Jamais nos Abandonará

1 MC 16:1-7

E, passado o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo.

2 E, no primeiro dia da semana, foram ao sepulcro, de manhã cedo, ao nascer do sol.

3 E diziam umas às outras: Quem nos revolverá a pedra da porta do sepulcro?

4 E, olhando, viram que já a pedra estava revolvida; e era ela muito grande.

5 E, entrando no sepulcro, viram um jovem assentado à direita, vestido de uma roupa comprida, branca; e ficaram espantadas.

6 Ele, porém, disse-lhes: Não vos assusteis; buscais a Jesus Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o lugar onde o puseram.

7 Mas ide, dizei a seus discípulos, e a Pedro, que ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis, como ele vos disse.

Desatamento

Deus nos chama pelo nome -  Deus nos levanta do monturo - Deus precisa de nós

Amado irmão, você cometeu algum pecado que te separou de Deus? Já sentiu o vazio de "perder a alegria da salvação" que cita o salmista, por sentir o Espírito Santo apartado de ti? Já chorou amargamente arrependido e se confessou, mas ainda se sente incapaz de voltar à presença do Senhor?

Querido, não há motivos para não voltar. Por que você insiste em lembrar da tua falha? Por que você permite que o acusador fale em tua mente? Por que abala tua fé, perseguido pela culpa, como que diante duma parede que te separa de Deus? Pois eu te afirmo irmão, que hoje o Senhor derrubará essa parede. Hoje, conheceremos o tipo de coração que o Senhor tem para conosco. O evangelho de Marcos registra esse fato, mostrando que diante dessa culpa, não há o que você fazer, senão, correr para Ele. Após a ressurreição do Senhor, um anjo disse àquelas mulheres que contassem aos discípulos, e a Pedro, o que acontecera. Isso nos comove grandemente. Por que ele não disse: Dizei aos discípulos e a Tomé? ( Tomé havia duvidado da ressurreição), ou por que não disse: Dizei aos discípulos e a João? (João era o amado do Senhor).

O anjo não mencionou outro nome senão especificadamente o de Pedro. Mas por que isso? O que havia em Pedro naquele momento que o tornava diferente dos demais? Para entendermos bem este episodio, é preciso saber que somente o evangelho de Marcos o registra dessa forma. Marcos não era um dos apóstolos, e sim um jovem discípulo de Pedro, tanto que o evangelho de Marcos é conhecido entre os estudiosos da Palavra como o "evangelho de Pedro", pois Pedro era um homem simples, que não tinha estudo e teria ditado o evangelho a Marcos. A frase" Dizei a seus discípulos e a Pedro" foi citada somente nesse evangelho. Ela não tinha tanta importância para os outros evangelistas senão para Pedro. Sabe por que? Pedro cometeu um grave pecado três dias antes desse evento, tão grave, que impediria que o Senhor o reconhecesse como seu filho, que o defendesse diante dos anjos de Deus (vide Lc 12:8-9). Significa irmão, que o Senhor o havia alertado, o Senhor também havia profetizado a falha que cometeria ( Pedro, antes que o galo cante duas vezes, tu me negaras três vezes). Assim você irmão, sente o peso da tua falha? Sabe que a palavra te condena? Foi alertado como Pedro, quando ouvia as pregações, recebeu também a profecia? Você não está sozinho.

Vamos voltar a Pedro.

Ele negou conhecer o Senhor, ainda que as evidências deixassem claro que era um dos dele. Jesus estava diante do Sinédrio sendo insultado, apanhando, prestes a ser condenado à morte e Pedro o havia seguido de longe, estava assentado no pátio ouvindo de perto as aflições do Senhor. Em meio a isso, chega uma criada do sumo sacerdote e o reconhece: Você estava com Jesus!

Ele nega. Não o conheço! E assim mais uma vez ela insiste que Pedro era um deles diante de outras pessoas, e outra vez ele nega. Por ultimo um outro o reconhece e diz: És um deles porque és Galileu. E Pedro jura, pragueja e afirma que não conhece a Jesus. Ao ouvir o segundo cantar do galo, Pedro se lembra das palavras do Senhor e cai em si desabando em lágrimas. Horas antes, na ceia, quando Pedro afirmava que iria com Jesus ate a morte, quem poderia imaginar esse tropeço?. Observe que ele não tropeçou diante de um grande, de um sacerdote ou Pilatos, mas caiu justamente diante de uma pergunta feita por uma criada, uma mulher do povo, uma pessoa que não teria poder de condená-lo a morte. Imagino o que Pedro pensava naqueles momentos: " Fui eu que confessei que Ele era o Cristo e que era o Filho de Deus, entretanto quando o vi prestes a ser crucificado, o neguei, cometi um grande pecado, teria sido melhor se ele não soubesse que eu o neguei, no entanto no momento em que o negava pela ultima vez, Ele se virou e olhou pra mim!

Que farei agora?" Assim também é o nosso sentimento diante de nossas falhas para com Deus. Vergonha, fracasso e derrota nos tomam, pensamos em desistir, sabemos que assim como Pedro diante daquelas pessoas, também nós somos reconhecidos "como um deles", como um crente, e ainda assim com nosso pecado o negamos. Aquele que aqui hoje sabe bem do que trata essa palavra, diz: Oh, eu sou Pedro. Eu já caí, o que eu cometi não é um pecado comum, receio que nunca mais poderei me aproximar do Senhor, temo que o Senhor já me abandonou e jamais me encarregará para uma tarefa importante, que Ele já não confiará mais em mim. Assim você lembra das maravilhas que passou ao lado do Senhor, das obras, dos prodígios, dos milagres, como Pedro, pode ter lembrado do momento que caminhou sobre o mar, da multiplicação dos pães, do monte da transfiguração. Ele pode ter lembrado também, como o Senhor me alertava, "vigiai e orai para que não entreis em tentação" e assim também você, lembra das vigílias de oração que não participou, lembra dos avisos do Senhor que não colocou por obra e pensa em teu coração: eu posso até voltar, mas nunca mais será como antes. Hoje Deus te prova o contrário.

Voltemos à Palavra.

Pedro estava arrependido, havia chorado amargamente, mas também havia visto o seu amigo e Senhor morrer. Imaginemos a aflição que tomava o seu coração naquele fim de semana. Mas o Senhor ressuscitou! As irmãs chegaram gritando, trazendo a mensagem: Fomos ao túmulo, mas o corpo não estava lá! Um anjo nos apareceu dizendo que Ele ressuscitou! Pedro! O anjo falou o teu nome, o Senhor mandou te avisar que ressuscitou! Imagine Pedro, " Oh, mesmo eu o tendo negado, Ele se lembrou de mim, Ele não me abandonou, não mencionou o nome de ninguém senão o meu.

Provavelmente se Pedro tivesse ouvido as mulheres dizendo: O anjo mandou avisar os discípulos, ele não se sentiria digno, como você não se sente digno agora, ele pensaria:

Ah, mandou chamar os discípulos, eu não posso ir junto com eles encontrar o Senhor, eu falhei, eu pequei. Como você pode pensar: A igreja, o ministério é para os santos, eu estou sujo, não sou digno de estar no meio deles.

Mas o Senhor te chama pelo nome, chama os santos e o teu nome, chama os obedientes e o teu nome, o Senhor não te abandonou.

Esta é a vitoria irmãos!

Vocês sabiam que uma vez que o Senhor te salvou, Ele te salvará até o fim? Ainda que você esteja desencorajado, o Senhor jamais te abandonará. "Ele ergue do pó o desvalido e do monturo o necessitado, para o assentar com os príncipes, sim, com os príncipes do seu povo" SM 2:8. Após a ressurreição, quando Jesus aparece aos discípulos junto ao mar de Tiberíades, Jesus perguntou a Pedro três vezes: Tu me amas? Apascenta minhas ovelhas. Tu me amas? Claro que Pedro o amava, depois de tudo que haviam passado, depois do perdão, seu coração era profundo amor e agradecimento. E Jesus sabia disso, por isso o entregava com essas palavras a missão de apascentar sua igreja, de pastorear suas ovelhas. Jesus pode te confiar algo ainda maior depois de apresentares um verdadeiro coração arrependido diante dele, pois muito ama quem muito foi perdoado. Por esse motivo o Senhor te deixou exemplo na atitude de Pedro, após ouvir o seu nome não deixou mais a culpa o perseguir e disse: Eis-me aqui para o Senhor e para sua obra, pois logo após esse encontro no Mar de Tiberíades, Pedro teve participação fundamental na Missão dos discípulos e na formação da igreja. Esse é o mesmo Pedro que vemos após a ascensão do Senhor, no dia de Pentecostes, cheio do Espírito Santo convertendo mais de 3.000 corações e sendo um pilar da igreja primitiva de tal modo que os enfermos eram curados por sua sombra.

Pedro devia ter grande satisfação interior em poder demonstrar como mudou de atitude desde aquela noite. Eis o exemplo irmão! Imite-o!

Três dias após a morte do Senhor, sob a nuvem da culpa, Pedro estava calado e entristecido porque havia tropeçado, mas o Senhor o chamou pelo nome porque confiava nele para continuar a Missão de Jesus, porque conhecia seu filho, como conhece você e precisa de você. Agora amado irmão, qual o tamanho, a largura, a profundidade da falha, do pecado que fará o Senhor te abandonar?

Ele voluntariamente foi ao calvário por te amar, poderia esse amor diminuir?

Hoje pode ser fácil pra você não amar mais o Senhor, não se aproximar mais Dele, não voltar mais a igreja, ignorar os irmãos, não ler mais a Bíblia, mas é impossível pra Ele não te amar, te abandonar ou te esquecer. Se você acha difícil, diante do Senhor, renovar a tua aliança com Ele, ou apenas para pedir perdão, tenha apenas desejo verdadeiro no teu coração e Ele te dará forças, se você tropeçou, Ele te amparará, se você caiu, Ele te levantará.

Revise o teu coração agora, o que está te separando daquele primeiro amor, o que esta fazendo você abandonar os ministérios na casa de Deus, o que esta esfriando teu coração, revisa irmão, revisa o teu coração, Ele ainda tem aquele mesmo olhar, aquele olhar que perdoou a Pedro, ouça amado, ouça, Ele esta chamando o teu nome. Venha para ser perdoado, venha para ser renovado. Porque hoje Ele te chama para um concerto para que Naquele dia grandioso, você possa ouvir mais uma vez essa voz sublime que esta chamando agora, Ele vai chamar teu nome para a Salvação Eterna.

Amém

Ter, 21 de Dezembro de 2010 00:01

Filial Rio Grande do Sul - RS

Sede da Filial Rio Grande do Sul (Sapucaia do Sul) - RS

Local: Rua Luiz Pasteur, 6.238

Bairro: Boa Vista

Direção: Ricardo, Alessandro - Obreiro Ajudador: Renato

Cidade: Sapucaia do Sul - RS

Horários dos Cultos:

Quarta-Feira: 19:30hs às 21:00hs.

Sábado: 19:30hs às 21:30hs

  Veja como chegar:


View Larger Map

Seg, 20 de Dezembro de 2010 23:57

Filial Mafra - SC

Sede da Filial de Mafra - SC

Local: Rua Vereador Antenor Rauen, 484

Bairro: Vila Ivete

Direção: Antonio, Carlos Chableski, Jefferson, Juliano

Cidade: Mafra – SC

Horários dos Cultos:

Quarta-Feira: 19:30hs às 21:00hs.

Sábado:         19:30hs às 21:30hs

 Veja como chegar:


View Larger Map

Seg, 20 de Dezembro de 2010 22:50

MATRIZ - BRASIL

 

NOVA SEDE

alt

SEDE DA MATRIZ - CURITIBA - PR

Local: Rua de Rondônia, nº 75 esquina com Av. Salgado Filho

Bairro: Guabirotuba

Direção Geral Brasil: Conselho Fiscal e Conselho Eclesiástico - Vice Presidente Executivo: Israel Alberto de Souza

Cidade: Curitiba – PR

Telefone: (41)- 3344-1311

Horários dos Cultos e Orações: 

Terça-Feira: Estudo Bíblico, início 20:00hs

Terça-Feira: Oração e Jejum a partir das 09:00hs 

Terça-Feira: Reunião de Oração 15:00hs

Quarta-Feira:     Culto normal - 19:30hs às 21:00hs.

Quinta-Feira:     Reunião de Oração com início às 20:00hs

Sexta-Feira:      Reunião de Oração a partir das 19 horas

Sábado:            Culto normal - 19:30hs às 21:30hs

Vigilião:            Todo 1º sábado de cada mês - das 00:00 às 06:00hs 

site: www.igrejabelem.org.br

Veja como chegar:

Como chegar na nova sede: 

SAÍDA DO TERMINAL BARREIRINHA

ônibus: São José/Barreirinha

ônibus: Tubo Paiol (conexão Fazenda Rio Grande)

ônibus: São José dos Pinhais - Aeroporto

ônibus: Pedro Moro - via Salgado Filho

SAÍDA PRAÇA RUI BARBOSA

ônibus: Guabirotuba

ônibus: Uberaba

ônibus: Canal Belém

ônibus: Vila São Paulo

SAÍDA JOÃO NEGRÃO

ônibus: Uberaba

ônibus: Canal Belém

ônibus: Vila São Paulo

INTERBAIRROS V

ônibus: Fazendinha

ônibus: Terminal Portão

ônibus: Terminal Vilas Oficinas

Como chegar de carro via BR:

Quem vem de carro sentido Porto Alegre > São Paulo: após passar a HAVAN (fica no lado esquerdo), entra à direita no primeiro sinaleiro e já verá a nova igreja.

Quem vem de carro sentido São Paulo > Porto Alegre: após passar o Colégio Medianeira e a concessionária Chevrolet, entra à direita, depois entra na primeira à esquerda, novamente na 1ª esquerda (semáforo) e segue reto, atravessa a BR e já verá a Igreja.

Quem sair do Centro, deve tomar como referência o endereço da PUC, que fica na Rua Imaculada Conceição, nº 1155 ou imprimir rota via Google de como chegar, acessando o link:  Exibir mapa ampliado

Seg, 20 de Dezembro de 2010 22:18

Dogmática - parte 9

Cumpridores da Palavra

"E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Pois se alguém é ouvinte da palavra e não cumpridor, é semelhante a um homem que contempla no espelho o seu rosto natural; porque se contempla a si mesmo e vai-se, e logo se esquece de como era. Entretanto aquele que atenta bem para a lei perfeita, a da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte esquecido, mas executor da obra, este será bem-aventurado no que fizer." Tiago 1:22

"Pois não são justos diante de Deus os que só ouvem a lei; mas serão justificados os que praticam a lei" Romanos 2:13

"Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as põe em prática, será comparado a um homem prudente, que edificou a casa sobre a rocha. E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa; contudo não caiu, porque estava fundada sobre a rocha. Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras, e não as põe em prática, será comparado a um homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, correram as torrentes, sopraram os ventos, e bateram com ímpeto contra aquela casa, e ela caiu; e grande foi a sua queda. Ao concluir Jesus este discurso, as multidões se maravilhavam da sua doutrina; porque as ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas." Mateus 7:24-29

Salvação

"Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." Romanos 10:13

"Responderam eles: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e tua casa." Atos 16:31

Arrependimento

"Compadece-te de mim, ó Deus, segundo a tua benignidade; apaga as minhas tansgressões, segundo a multidão das tuas misericórdias. Lava-me completamente da minha iniqüidade, e purifica-me do meu pecado. Pois eu conheço as minhas transgressões, e o meu pecado está sempre diante de mim. Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que é mau diante dos teus olhos; de sorte que és justificado em falares, e inculpável em julgares." Salmos 51:1-4

"Naqueles dias apareceu João, o Batista, pregando no deserto da Judéia, dizendo: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus." Mateus 3:2

"Ora, depois que João foi entregue, veio Jesus para a Galiléia pregando o evangelho de Deus e dizendo: O tempo está cumprido, e é chegado o reino de Deus. Arrependei-vos, e crede no evangelho." Marcos 1:14-15

Santificação

"Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial." Mateus 5:48

"porquanto está escrito: Sereis santos, porque eu sou santo." 1ª Pedro 1:16

"Porque eu sou o Senhor vosso Deus; portanto santificai-vos, e sede santos, porque eu sou santo; e não vos contaminareis com nenhum animal rasteiro que se move sobre a terra; porque eu sou o Senhor, que vos fiz subir da terra do Egito, para ser o vosso Deus, sereis pois santos, porque eu sou santo." Levíticos 11:44-45

"Fala a toda a congregação dos filhos de Israel, e dize-lhes: Sereis santos, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo." Levíticos 19:2

"Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor, tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem" Hebreus 12:14

Vida Eterna

"na esperança da vida eterna, a qual Deus, que não pode mentir, prometeu antes dos tempos eternos," Tito 1:2

"E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna" 1ª João 2:25

< veja mais sobre a Dogmática no menu da esquerda.

<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>
JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL